A diretoria do Santos assegurou nesta segunda-feira a manutenção de duas promessas das divisões de base. Na mesma entrevista coletiva em que apresentou o lateral Pará como reforço do clube, o presidente José Carlos Peres anunciou a renovação dos contratos do volante Sandry, de 16 anos, e do atacante Tailson, de 20 anos.

“Sampaoli pediu para a gente acelerar essa negociação. Acreditamos muito nesses meninos. Que o Sandry e o Tailson sejam bem-vindos. Estão com o contrato renovado e é motivo de muita satisfação”, disse Peres.

Ambos assinaram contrato por cinco anos com Santos e com multa de 100 milhões de euros (aproximadamente R$ 444 milhões). A demora nas negociações afetou, inclusive, a rotina de ambos, com Sandry treinando em separado, enquanto Tailson ficou inativo, pois o contrato havia se encerrado.

Sandry é um dos poucos jovens das divisões do Santos que recebeu chances com o técnico Jorge Sampaoli, tendo sido aproveitado durante confrontos com o Altos-PI, pela Copa do Brasil, e o Bragantino, pelo Campeonato Paulista.

“A expectativa é a melhor de todas. No começo do ano, as coisas aconteceram muito rápido. Cheguei da Copinha, treinei e fui para o jogo. Quero treinar e agradar para ir aos jogos”, disse Sandry.

Até pelo seu contrato ter chegado ao fim, Tailson esteve muito próximo de deixar a Vila Belmiro, tanto que esteve na mira do Barcelona para o seu time B. Mas agora o clube conseguiu assegurar a sua permanência.

“O que aconteceu com o Barcelona já passou. Estou focado no Santos. Quero ajudar aqui da melhor forma possível. Espero ter a oportunidade para dar meu melhor”, afirmou Tailson, que ainda não recebeu uma oportunidade entre os profissionais.

Tópicos

Futebol Sandry Santos FC Tailson

Comentar no Facebook

Assine! Confira todos os descontos em assinaturas