[faceturbo]

Por Karolyne Guimarães*

O Presidente Jair Bolsonaro quer maior produtividade e resultados para o Estado Brasileiro. Mas, vamos refletir um pouco mais sobre o assunto? 

Os investimentos sejam nas esferas estaduais e  federais têm maior impacto no pagamento de pessoal. E qual seria o motivo para gastar tanto dinheiro com folha de pessoal? E a  sociedade está satisfeita qual a prestação dos serviços públicos? Em regra, a resposta é: serviços públicos ineficazes e ineficientes. E por que isso acontece?

Um dos motivos mais latentes é ausência de aproveitamento do potencial do colaborador, seja ele comissionado, concursado ou terceirizado. Não se trata de ganhar muito ou pouco. A visão é outra. É trabalhar com prazer. A riqueza do Estado são as pessoas e elas devem ser valorizadas no seu potencial para geração significativa de resultados. O gestor deve conhecer o perfil do colaborador. O influente, dominador deve cuidar de projetos e programas. O analítico deve cuidar de processos internos e organização.

E, o caos está exatamente na ausência desse olhar dos gestores para aquilo que o Estado tem de melhor: seus colaboradores.

Gestor, seja líder!!!

*Karolyne Guimarães – Advogada, Professora Universitária, especialista em gestão. Foi diretora da OAB e ex-administradora de Taguatinga 

[/faceturbo]