Alta no número de brasileiros barrados no México preocupa Itamaraty – Tudo Ok Notícias | Fatos verdades

0
2
Alta no número de brasileiros barrados no México preocupa Itamaraty – Tudo Ok Notícias
Alta no número de brasileiros barrados no México preocupa Itamaraty – Tudo Ok Notícias

Alta no número de brasileiros barrados no México preocupa Itamaraty   Tudo Ok NotíciasAlta no número de brasileiros barrados no México preocupa Itamaraty Tudo Ok Notícias

Alta no número de brasileiros barrados no México preocupa ItamaratyAlta no número de brasileiros barrados no México preocupa Itamaraty Compartilhe

 

 

Relatos são de detenção em condições de cárcere por dias, sem direito nem a telefonema.

 

O Ministério das Relações Exteriores demonstrou preocupação com o aumento do número de brasileiros barrados ao tentar entrar no México. Relatos de viajantes falam em detenções em condições de cárcere por dias, sem direito a telefonema e, em alguns casos, sem água e comida. O consulado brasileiro no país admite que o tratamento tem sido como o visto nos EUA, com separação de homens, mulheres e crianças, sem garantias de que uma família possa aguardar unida o retorno ao Brasil. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Quem tem a entrada negada, tem os pertences apreendidos, inclusive celulares, e dormem em colchonetes plásticos ou bancos de concreto.

Sem exigência de visto, brasileiros só sabem se vão entrar no México quando estão lá. E não há reembolso de passagens, hospedagens etc.

Apesar de estarem detendo turistas estrangeiros, todas as informações prestadas pelas autoridades são transmitidas apenas em espanhol.

O consulado brasileiro afirmou ter aberto tratativas para “reduzir o número de inadmissões e exigir melhores condições de alojamento”.

imagem14-01-2020-07-01-44imagem14-01-2020-07-01-44

Fonte: fatosverdades.com.br/noticias/distrito-federal/alta-no-numero-de-brasileiros-barrados-no-mexico-preocupa-itamaraty-tudo-ok-noticias

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here