Em pronunciamento feito na tarde desta sexta-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro acusou o ex-ministro Sérgio Moro de ter condicionado a troca de comando na Polícia Federal à sua indicação ao Supremo Tribunal Federal. “Ele [Sérgio Moro] disse que eu poderia demitir o Valeixo em novembro, depois de indicar ele como ministro do STF”, afirmou em coletiva de imprensa.

O ex-ministro da Justiça deixou o governo nesta sexta-feira (24) após o presidente exonerar o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, em publicação no Diário Oficial da União durante a madrugada.

Durante a coletiva de imprensa, Bolsonaro também afirmou que nunca pediu que a Polícia Federal o blindasse.

“Sempre falei para ele Moro que eu tenho que ter um relatório do que aconteceu nas últimas 24 horas para poder bem decidir o futuro dessa nação. Eu nunca pedi para ele informações sobre um processo e nunca pedi que blindasse minha família”, disse.

Fonte: Radar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here