Maçonaria distribui alimentos para moradores de rua – Agência Brasília
Maçonaria distribui alimentos para moradores de rua – Agência Brasília

Maçonaria distribui alimentos para moradores de rua – Agência Brasília Maçonaria distribui alimentos para moradores de rua – Agência BrasíliaMaçonaria distribui alimentos para moradores de rua – Agência BrasíliaMaçonaria distribui alimentos para moradores de rua – Agência Brasília

Foto: Vinícius de Melo/Agência Brasília Foto: Vinícius de Melo/Agência BrasíliaA ação entregou 250 marmitas. As doações continuam neste sábado, dia 2, atendendo outras instituições sociais. Foto: Vinícius de Melo/Agência Brasília

Moradores de rua de Ceilândia, Sol Nascente, Santa Maria e Estrutural receberam, na noite dessa sexta-feira (1º/5), 250 marmitas feitas por representantes da Maçonaria do Distrito Federal. As doações, que continuam neste sábado (2/5) – atendendo outras instituições sociais –, são resultado do protocolo de intenções assinado entre os grão-mestres Distrital Reginaldo de Albuquerque e Armando Assumpção, com o vice-governador Paco Britto, que comanda o programa do GDF Todos Contra a Covid.

Durante todo o dia, o presidente da Loja Maçônica Alvorada Nº 1, Amauri Dias, transformou a instituição em uma grande cozinha comunitária onde a comida foi feita. No cardápio, arroz, feijão, macarrão, frango e salada. “A ideia é ajudar as pessoas que estão precisando neste momento de pandemia. Sem burocracia, sem cadastro, apenas chegar com o alimento e matar a fome dessas pessoas”, explicou Dias, adiantando que a doação das quentinhas será feitas todas as sextas-feiras a partir de agora.

Mas, além da comida acomodada em embalagens de isopor distribuídas na noite de sexta-feira, dezenas de cadeiras de rodas, cadeiras de banho, kits com máscaras e álcool em gel e cestas básicas seguirão para a Casa de Apoio da Rede Feminina de Combate ao Câncer, instituição que funciona no Núcleo Bandeirante.

Para ajudar na logística da distribuição das quentinhas, cinco grupos que já fazem trabalhos sociais nas cidades se aliaram a Dias e saíram para a doação. “Ninguém melhor que essas pessoas, que conhecem as comunidades, sabem identificar quem realmente está necessitando, para nos ajudar”, explicou o presidente da Loja Maçônica Alvorada.

Leia também

imagem02 05 2020 14 05 00imagem02-05-2020-14-05-00

Mais de 100 toneladas de solidariedade

Costureiras do Senac-DF confeccionam máscaras para a Secretaria de Saúde

Solidariedade e prevenção: tudo no mesmo lugar

Feliz em poder ajudar, a líder comunitária Socorro Ramos atende 75 famílias do Sol Nascente e foi a responsável em chegar na cidade com as quentinhas. “É um trabalho social que faço e a comida de hoje vai fazer muitas famílias felizes. O que mais as pessoas têm me pedido nesse tempo de pandemia é comida. Praticamente triplicou a quantidade de pedidos”, contou.

Para a Estrutural, a fundadora da Creche Renascer, Sônia Macedo, se responsabilizou pela distribuição das marmitas. A instituição comandada por ela atende 250 crianças que, além da creche, contam, também, com um instituto de ação social, que atende as crianças no contraturno escolar.

O vice-governador, acompanhado de sua esposa, Ana Paula Hoff, acompanhou a distribuição das quentinhas. “Essa pandemia nos fez despertar uma coisa muito importante: o amor ao próximo. A solidariedade está fazendo com que toda a sociedade se movimente e todos estão unidos fazendo pelo outro. Vamos sair muito fortes de tudo isso”, frisou. Ana Paula lembrou da importância do uso das máscaras e da higienização das mãos.

Representante do grupo Expressando o Reino, que há quatro anos faz doações em Samambaia e Ceilândia, a voluntária Evelin Alves também ressaltou a importância de doar alimentos, principalmente no momento em que o DF passa pela pandemia do coronavírus. “Nós arrecadamos alimentos e distribuímos cestas básicas nas comunidades sempre, mas existem muitos moradores de rua que não têm o que comer nesses dias e que precisam muito de nós”, explicou.

Protocolo de intençõesNo último dia 24 de abril, representantes da Maçonaria estiveram com o vice-governador Paco Britto. Eles trataram da assinatura de um protocolo de intenções para atuar, juntamente com a comissão, no fomento de ações solidárias neste momento. O intuito é arrecadar recursos que se transformem em alimentos e produtos de higiene para serem doados à população mais necessitada do DF.

O Grão-Mestre Distrital Reginaldo de Albuquerque, representante da Grande Oriente do Distrito Federal, ressaltou que é a primeira grande parceria feita entre a maçonaria e o governo no âmbito do DF. O protocolo de intenções contou com a assinatura do Grão-Mestre Distrital Armando Assumpção, representante da Grande Loja Maçônica do DF.

“É muito importante essa chancela que nos ajuda a ser solidários neste momento com todas as famílias brasilienses que tanto precisa de nós. A Maçonaria, uma organização milenar, enobrece qualquer atividade”, disse o vice-governador, que agradeceu o apoio em nome do GDF.

Doe para o comitê Todos Contra a CovidBanco de Brasília (BRB) – 070Agência: 0027Conta Poupança: 0027.049528-2CNPJ: 02.174.279/0001-55Instituto BRB de Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Socioambiental

imagem02 05 2020 15 05 37Conteúdo Bloqueado

Ajude-nos a crescer! Compartilhe esta matéria com seus amigos no Facebook clicando no botão abaixo para desbloquear o conteúdo automaticamente. Compartilhar é grátis!

Clicando no botões você concorda com os termos de uso e política de privacidade

Compartilhe isso:

Curtir isso:

Curtir Carregando…

Fonte: xn--flashdenotcias-9lb.com.br/destaques/maconaria-distribui-alimentos-para-moradores-de-rua-agencia-brasilia-correio-df

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here