Ibaneis adia reabertura do comércio para 18 de maio
Ibaneis adia reabertura do comércio para 18 de maio

22 04 2022 0422202490 768x576 BUSCAR Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasília

Após a Justiça Federal vetar, na última quarta-feira (6), a retomada de setores do comércio no Distrito Federal, o governador Ibaneis Rocha (MDB) decidiu aumentar o prazo para adequar a capital federal à reabertura.

Com isso, Ibaneis definiu uma nova data para o ampliamento do comércio: 18 de maio. Neste período de 11 dias, o governador pretende melhorar a estrutura do DF para o combate ao novo coronavírus.

É a segunda vez que o governador adia a reabertura dos comércios ainda fechados no DF. Inicialmente, a retomada estava marcada para o dia 4; depois, adiou-se para o dia 11; agora, foi definida uma nova data.

Nesta quinta (7), o GDF recebe, no Palácio do Buriti, uma visita da Justiça. No encontro, o Executivo deve elucidar as ações que vêm sendo tomadas em combate à covid-19, bem como as medidas futuras.

Aberto e fechado

Cabe ressaltar que os comércios já abertos não serão fechados, até segunda ordem. Ibaneis, inclusive, demonstrou entusiasmo ao ver que a juíza Kátia Balbino não determinou o fechamento de nenhum setor. “Tudo que fizemos foi devidamente validado e não causou qualquer tipo de risco a população”, afirmou o chefe do Executivo.

Com isso, agências bancárias, clínicas, farmácias, supermercados, minimercados e afins, padarias, açougues, peixarias, lojas de materiais de construção e afins, agropecuárias, borracharias, postos de combustíveis, igrejas no sistema drive-thru, entre outros, permanecem abertos. (Veja uma lista completa do que segue em funcionamento).

Em contrapartida, shoppings, cinemas, teatros, academias, boates, parques, bares e restaurantes (exceto tele-entrega) e salões de beleza e afins permanecem fechados, pelo menos até o próximo dia 18. Também segue proibida a realização de eventos esportivos, shows e afins.

Casos

O último boletim do GDF, divulgado na noite de quarta (6), mostra que a capital tem 2.078 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus. Também na quinta, registrou-se a 35ª morte. Trata-se de um homem de 68 anos, morador do Riacho Fundo Ele deu entrada na UPA de Samambaia no dia 22 de abril por complicações de uma comorbidade (câncer) e faleceu na mesma unidade.

Além dos 2.0478 casos, 1.170 pessoas se recuperaram da doença — isto é, deixaram de apresentar sintomas após 14 dias de infecção.

Atualmente, 60 pessoas estão internadas na UTI, e 75 em leitos comuns. Os demais se recuperam em casa

Fonte: jornal de Brasília

Fonte: informatudodf.com.br/2020/05/07/ibaneis-adia-reabertura-do-comercio-para-18-de-maio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here