banner

domingo, 19 de abril de 2015

author photo
Roberto Souza Rocha, mais conhecido como Latino, faz sucesso como cantor e compositor há mais de 20 anos. Um dos artistas mais animados e bem-sucedidos do Brasil com canções que fazem sucesso em vários países e embalam multidões. Seus shows e participações em programas de TV e rádio são sempre disputados, e ele é acompanhado por um grande número de fãs por onde passa.
Mas sua vida nem sempre foi assim. De origem humilde, conheceu bem cedo a vida cruel das ruas. Como tantas outras crianças espalhadas nas grandes cidades, ele vivia pelas esquinas e bancos das praças da cidade do Rio de Janeiro.
Os projetos sociais não o alcançaram e somente a ajuda dos transeuntes sustentavam sua pobre alimentação e seu vício em cola.
Em um daqueles dias que parecia como qualquer outro, aconteceu algo que mudaria sua vida para sempre. A conhecida praça do Méier, por onde ele perambulava e conhecia cada palmo, tinha uma movimentação diferente. Um jovem evangelista, que havia abandonado tudo pelo sonho de ganhar almas, começava no coreto um movimento de fé. Na simplicidade e escassez de recursos, ele usava todas as suas forças para que a mensagem chegasse a todos ali. Roberto era uma dessas pessoas, que embora tão jovem, já sofria com a dor e a rejeição proporcionados pela vida.
Mas ele ousou crer naquela mensagem que declarava o poder da fé. Uma fé que, mesmo que fosse minúscula como o grão de mostarda, poderia trazer à existência coisas extraordinárias.
Para a fé não existe incapacidade ou destino traçado. E pouco importam as origens ou as circunstâncias pelas quais as pessoas nascem, e sim a maneira como elas decidem crer e viver.
latino2Essas palavras ficaram gravadas em sua mente, pois desde pequeno alimentava o sonho de se tornar um cantor – até então algo impossível para a sua realidade. Embora todos a sua volta o ridicularizassem, ele viu ali a possibilidade de mudar de vida. Em cada reunião que participava, mais a fé o tornava forte para superar suas dificuldades.
Pesquisas provam que a vida nas ruas rapidamente leva à marginalidade e ao submundo das drogas. Por isso, se não fosse a fé, esse também poderia ser o destino de Latino.
E depois de tantos anos de sucesso, subindo e descendo dos palcos, desejava encontrar novamente aquele jovem evangelista do velho e sujo coreto que marcou sua vida. Ele gostaria de agradecer, porque se não fossem aquelas palavras, não teria forças para ser o que é hoje.
Aquele pequeno movimento de fé se transformou na Igreja Universal do Reino de Deus, que embora tenha grandes e inúmeros templos com milhões de membros pelo mundo, continua com a mesma essência de alcançar os desprezados e aflitos, seja nos guetos ou nas mansões; nos grandes centros urbanos ou nos sertões. A Universal trabalha incansavelmente para acolher analfabetos e intelectuais; jovens e idosos; ricos e pobres… Todos, sem distinção, são tratados com dignidade.
E aquele rejeitado evangelista, que tornou-se o líder espiritual desta Igreja, continua a pregar a mesma mensagem que abençoou a si e a tantos outros, como o próprio Latino. Mensagem esta que restaura vidas, realiza sonhos e produz incontáveis frutos de transformação.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade