banner

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

author photo

Nesta terça-feira (16), após investigações, a Polícia Civil do Distrito Federal, por intermédio da 5ª DP, divulgou imagens de Daniel Sousa de Andrade, 21 anos, que está foragido. As investigações apontaram que ele é o autor do latrocínio que vitimou Arlon Fernando da Silva, 29 anos, no dia 7 de dezembro de 2017, em frente à Câmara Legislativa do DF.


Ontem (15), após recebimento de denúncia anônima, policiais militares localizaram na residência de um homem L.C.S.R., 22 anos, no Itapoã/DF, as peças da bicicleta de Arlon. L.C.S.R. está preso pelo crime de receptação.

Na sede da 5ª DP, foram ouvidas cinco testemunhas. Todas confirmaram que viram Daniel Sousa de Andrade fazendo uso da bicicleta roubada da vítima. As testemunhas também informaram que ouviram Daniel falar que havia matado um homem no plano piloto para subtrair a bicicleta.

De acordo com o delegado-chefe da 5ª DP, Rogério Oliveira, Daniel era o principal suspeito nas investigações. Ele foi ouvido, formalmente, no dia posterior ao crime, mas negou a autoria. “No entanto, as investigações prosseguiram e imagens de segurança captaram Daniel com a bicicleta da vítima, deixando o local dos fatos e indo em direção à Ponte JK, rumo ao Paranoá”, destacou.

“Em face de todas as evidências, representamos pela prisão preventiva de Daniel no plantão judiciário, na noite de ontem (15)”, concluiu o delegado. Por volta de 1h30, de hoje (16), a prisão foi deferida. Equipes da PCDF e PMDF estão em diversos pontos do DF na tentativa de efetuar a prisão de Daniel. Atualmente, ele é considerado foragido.

A PCDF agradece a população e, ao mesmo tempo, reforça o pedido de apoio da imprensa na divulgação dos canais de denúncia da PCDF: 197 - Denúncia On-line, e-mail denuncia197@pcdf.df.gov.br e o WhatsApp (61) 98626-1197.


Divisão de Comunicação/DGPC

#PCDFAgora
#PCDFemAção
PCDF, excelência na investigação
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade