banner

domingo, 25 de fevereiro de 2018

author photo

Quem é Hélio Rosa no Cenário Político?

Há mais de 27 anos estou nos bastidores da política, desde a primeira gestão da Câmara Legislativa do Distrito Federal. Já trabalhei com os deputados distritais Salviano Guimarães, Renato Rainha, Daniel Marques e Alírio Neto, além de ter prestado assessoria nos gabinetes de 06 administradores regionais em Planaltina/DF, cidade onde moro desde quando nasci, há 46 anos. Sou consultor ambiental, planaltinense, casado com Jessyca Janiny, pai de Andrew e Hadassa, Adventista do Sétimo Dia. Sinto-me um homem preparado com duas graduações e uma pós na área de Administração Pública e a experiência de ter contribuído bastante com a organização do Estado na formação de políticas públicas.
O que você considera mais importante em ser um parlamentar?
Ter um compromisso de ética com a coisa pública e entender que o nosso patrão é o povo. Criar leis que garantam os direitos sociais e o desenvolvimento regional, considerando que a sociedade espera dos agentes políticos uma solução dos problemas sociais. A população quer, no mínimo, que seja minimizado o sofrimento com a falta de atendimento na saúde, ter mais segurança para o controle da violência e o aprimoramento da qualidade da educação. Conseguindo dar esta atenção, as outras coisas serão acrescentadas.
Você já tem alguma linha ou propostas de políticas públicas ou de leis?
Sim. Durante a minha vida profissional na gestão pública, percebi que temos que criar instrumentos de participação social para o controle dos nossos recursos públicos. Penso em primeiro lugar na gestão compartilhada, onde o governo e a sociedade participam juntos de todas as decisões para a execução de políticas públicas. Precisamos de uma melhor transparência com tudo aquilo que pagamos para a manutenção do Estado. Quero criar leis que regulamentam estes instrumentos de participação popular. Sou um defensor da sustentabilidade emergencial, por que estamos perdendo tudo aquilo que é nosso, desde os recursos da natureza até os próprios recursos administrativos por inércia e ineficiência.
Qual o seu objetivo como parlamentar?
Primeiro, trabalhar para o povo, por que entendo que o parlamentar não é um monarca com tantas regalias, ele é um funcionário público tem que receber o seu salário pelos serviços prestados e manter suas próprias despesas com transporte, alimentação, publicidade, viagens e outros.
Em sua opinião, quem será o próximo Governador do Distrito Federal?
Se o Reguffe fosse candidato, sem dúvida nenhuma seria ele. Mas o cenário é outro. Vejo o Frejat com muita chance pelo recall da última eleição. Se a direita se unir com o Alírio, Eliana, Fraga, Izalci, Ibaneis, com certeza leva no primeiro turno. Mas se isso não ocorrer, teremos uns quatro candidatos da direita que vão contribuir para um segundo turno entre um candidato da direita e o Rollemberg com o ressurgimento da esquerda.
Já se filiou a algum Partido Político?
Temos até abril de 2.018 para esta decisão. O cenário está muito nebuloso. Muda toma semana. Corro o risco de me filiar a um partido que amanhã pode estar com uma tendência que não me simpatizo muito. A política é vista de uma forma macro para decidirmos a micro. Se o Alckmin for realmente o candidato da direita, teremos mais de 10 candidatos ao Planalto. Cada candidato à Presidência vai trabalhar para ter um palanque no DF e isso estimulará uma grande quantidade de nomes, dividindo mais ainda os partidos com suas futuras coligações.
O que você acha da corrupção?
Um câncer que está na fase terminal. Ou morre logo ou recebe algumas doses paliativas do próprio povo nas urnas para que continue massacrando a sociedade. A justiça está fazendo o trabalho dela, mas não podemos viver só esperando da justiça, temos que manter um caráter humanizado em nossas escolhas. O agente público tem que entender que o dinheiro é do público e não dele. E o povo tem que entender que se uma pessoa se candidata gastando milhões e prometendo empregos e benesses, desconfie e fuja por que está mal intencionada.
Fonte: Redação
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade