banner

terça-feira, 19 de junho de 2018

author photo

O rapper americano XXXTentacion, que rapidamente alcançou a fama com dois álbuns de sucesso, foi assassinado à queima-roupa aos 20 anos, em plena luz do dia, na Flórida (EUA).

Na tarde de segunda-feira, XXXTentacion, nascido Jahseh Onfroy, saía de uma concessionária de motos quando dois homens armados se aproximaram do carro dele. Pelo menos um deles atirou no rapper.
Polícia no Rio encerra buscas por rapper britânico desaparecido há duas semanas
'Meu penteado me deixou careca': a rapper britânica com alopecia por tração

O crime ocorreu em plena luz do dia numa das ruas de Deerfield Beach, a 69 quilômetros de Miami.

O chefe da polícia do condado de Broward disse que, depois do ataque, os dois suspeitos fugiram numa SUV de cor escura. Os investigadores acreditam que o rapper pode ter sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). Um vídeo postado nas redes sociais mostra aparentemente o corpo de Onfroy dentro do seu carro.Direito de imagemAFPImage captionXXXTentancion saía de uma concessionária quando o carro dele foi abordado e o rapper atingido por homens armados

A polícia diz que Onfroy foi levado a um hospital, onde morreu.

Ele era descrito como um artista polêmico e enfrentava acusações de violência doméstica.

XXXTentacion primeiro atraiu atenção e público ao divulgar suas próprias músicas no site SoundCloud. Ganhou fama e elogios pelo talento inovador. Com sua morte, astros do hip-hop fizeram homenagens a Onfroy.

Autor de sucessos nos EUA como SAD! e Moonlight, XXXTentacion ganhou destaque após o lançamento de seu primeiro álbum, 17, em agosto passado.Direito de imagemGETTY IMAGESImage captionXXXTentacion ganhou prêmios e atingiu a parada de sucesso

O segundo álbum, batizado de ?, entrou direto no topo no topo da parada Billboard americana em março e já foi ouvido milhares de vezes online.

Suas músicas abordavam temas como depressão e ele foi elogiado por estrelas do rap.

Mas a curta carreira de XXXTentacion foi manchada por alegações de violência doméstica.

Ele enfrentava 15 acusações criminais no momento de sua morte - incluindo uma de agressão contra uma mulher grávida.Direito de imagemGETTY IMAGES
Análise: Da infância dura a número 1

Mark Savage, especialista em música, BBC News

XXXTentacion teve uma infância conturbada e foi expulso do ensino médio por causa de brigas na escola. Ele canalizou a energia e a fúria na música.

Ele rapidamente se tornou o artista mais popular no gênero conhecido como SoundCloud Rap, definido por suas batidas lânguidas e obscuras e por absorver diversas influências.

A popularidade crescente de XXXTentacion foi notada pela indústria da música e, em outubro de 2017, ele assinou um contrato de distribuição no valor de US$ 6 milhões.

Quando o contrato foi assinado, a carreira do rapper já estava sendo ofuscada por seus problemas com a Justiça. Os fãs aparentemente não se incomodaram, colocando o último álbum do rapper no topo das paradas de sucesso dos EUA.Direito de imagemGETTY IMAGES

Homenagens rapidamente apareceram nas mídias sociais, incluindo um tuite de Kanye West.

"Eu nunca te disse o quanto você me inspirou quando estava aqui", escreveu West na rede social.





O DJ e produtor musical Diplo disse que o rapper queria que ele e o também produtor Skrillex finalizassem seu próximo álbum.
Pule Instagram post de diplo

Final de Instagram post de diplo

O rapper J Cole elogiou o "enorme talento e potencial ilimitado" de XXXTentacion.

O documentarista Louis Theroux disse: "Apesar dos demônios pessoais, ele era um grande talento e trazia uma sensação nova e bonita ao hip hop. Tão triste".

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade