banner

sexta-feira, 20 de julho de 2018

author photo


Presidente da Amab recepciona novos municípios que integram a RIDE

Aconteceu na tarde desta quarta-feira (18) a cerimônia para recepcionar os 12 municípios que foram integrados por meio de Projeto de Lei à Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal (RIDE).

Organizado pela Associação dos Municípios adjacentes de Brasília (AMAB), a cerimônia contou com a presença da Mesa Diretora da Instituição que realizou a inclusão oficial dos novos municípios, dos quais dez são goianos e dois mineiros.

A Assembleia Extraordinária fez alteração no Estatuto da AMAB para incluir os novos municípios que integram a RIDE. A proposta incluiu os municípios de Alto Paraíso, Alvorada do Norte, Barro Alto, Cavalcante, Flores de Goiás, Goianésia, Niquelândia, São João d’Aliança, Simolândia e Vila Propício, de Goiás, e as cidades mineiras de Arinos e Cabeceira Grande na Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride-DF). A Lei Complementar 163/18 foi sancionada pelo presidente da República Michel Temer.

O presidente da AMAB e prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango, deu boas-vindas aos novos integrantes e destacou a importância do trabalho conjunto em favor dos municípios desta região. “Todos os municípios que integram a região do Entorno do DF têm características parecidas, são populosos e uma arrecadação pequena frente ao volume de problemas a serem resolvidos, por isto a necessidade de fazer um trabalho conjunto no sentido de conquistar recursos que propiciem o desenvolvimento da qualidade de vida da população. Desejo boas-vindas a todos os amigos na certeza que temos muito trabalho pela frente”, discursou Hildo.

A nova lei teve origem em subemenda ao Projeto de Lei Complementar (PLP) 25/15, do deputado Rogério Rosso (PSD-DF), aprovada na Câmara em 2015. No Senado, o PLC-Complementar foi aprovado em maio deste ano e teve como principal defensor e articulador o senador Hélio José do Distrito Federal que esteve presente no encontro e destacou a sua luta em prol da região que em sua visão, deve ser investir na RIDE para desafogar a pressão no DF.

“Temos que olhar a Região Metropolitana do DF não como um problema, mas sim com uma solução e para isto devemos encontrar mecanismos que visem à criação de emprego e renda nos próprios municípios, e nossa atuação é neste sentido”, falou o senador.

A RIDE foi criada pela Lei Complementar 94/98, é atualmente composta pelo próprio Distrito Federal e pelos municípios goianos de Abadiânia, Água Fria de Goiás, Águas Lindas, Alexânia, Cabeceiras, Cidade Ocidental, Cocalzinho de

Goiás, Corumbá de Goiás, Cristalina, Formosa, Luziânia, Mimoso de Goiás, Novo Gama, Padre Bernardo, Pirenópolis, Planaltina, Santo Antônio do Descoberto, Valparaíso e Vila Boa, além dos municípios mineiros de Unaí e Buritis.

Desta forma a AMAB amplia sua área de abrangência da Ride com um conjunto de municípios limítrofes a essa região que apresenta uma forte ligação socioeconômica com o Distrito Federal e não são seus membros originais
 

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade