banner

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

author photo

ldo Schneider (MDB) tinha 57 anos e lutava contra o câncer desde o ano passado, quando foi diagnosticado com um tumor na coluna e outro no pescoço.

Faleceu neste domingo, 19, em Balneário Camboriú, o deputado estadual Aldo Schneider (MDB), presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc).
Schneider tinha 57 anos e lutava contra o câncer desde o ano passado, quando foi diagnosticado com um tumor na coluna e outro no pescoço. Passou por uma série de tratamentos de saúde em Santa Catarina e em São Paulo, por uma cirurgia e uma traqueostomia em maio deste ano para aliviar o sistema respiratório, inchado pelas sessões de radioterapia. O custo do tratamento, orçado em R$ 3 milhões, foi pago pela Alesc, o que foi questionado pela sociedade civil.
Schneider foi vereador em Ibirama, no Vale do Itajaí, tendo como bandeira a emancipação do atual município de Vitor Meireles, onde foi o primeiro prefeito, cargo que voltou a ocupar por mais duas vezes. Foi eleito deputado estadual de Santa Catarina com 36.449 votos, em 2010, e reeleito com 58.646 votos em 2014. Tomou posse da presidência da Alesc em fevereiro deste ano, após formalização de um acordo entre o MDB e o PP.
O político deixou a esposa Marita e os filhos Nathali Aline e Bruno Gustavo. O velório estava previsto para começar às 21h na Igreja Matriz Santo Huberto em Ibirama. O corpo será cremado na segunda-feira, 20, em Balneário Camboriú, em ato privado para a família. A Alesc decretou luto por três dias e o Governo do Estado por sete dias.

Fonte: Estadao Conteudo
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade