banner

terça-feira, 14 de agosto de 2018

author photo

Rollemberg aparece fora do 2° turno pela primeira vez em pesquisas
Instituto DataPlan revela que Eliana teria 18,4% dos votos. Logo depois vem Fraga, com 11,8%. Socialista teria 10,5% do eleitorado
Se as eleições fossem hoje, o segundo turno ao Governo do Distrito Federal seria disputado entre Eliana Pedrosa (Pros) e Alberto Fraga (DEM). É o que revela a pesquisa do Instituto DataPlan, realizada entre 8 e 9 de agosto e registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF) sob o número DF-00483/2018.
De acordo com o levantamento, que ouviu 1.015 pessoas, a ex-deputada distrital teria 18,4% das intenções de voto. Em segundo lugar, o coronel da reserva da Polícia Militar somaria 11,8% dos votos dos entrevistados. O democrata estaria empatado tecnicamente com o atual governador Rodrigo Rollemberg (PSB), com 10,5%.
É a primeira vez que o socialista aparece em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto. Na sequência, Rogério Rosso (PSD) aparece na quarta posição, com 7,2%. Segundo o levantamento, os outros postulantes ao Palácio do Buriti estariam empatados tecnicamente nas outras colocações.
O general Paulo Chagas (PRP) apresenta 2,7% da preferência do eleitorado brasiliense. Representante do PT, Júlio Miragaya obteve 2,1% dos eleitores ativos. Fátima Sousa (PSol) e Alexandre Guerra (Novo) pontuaram com 2% cada. O emedebista Ibaneis Rocha conquistou 1,5% dos entrevistados.
Brancos e nulos somam 25,3%, segundo o levantamento do Instituto DataPlan. Os que não têm voto definido e os que não souberam responder totalizaram 14,8% dos entrevistados.
Rejeição aos candidatos
Estimulados a dizer qual dos nomes não levaria o voto, 48,9% dos eleitores disseram não optar pela reeleição de Rollemberg. Em segundo lugar, Alberto Fraga atraiu 9,9% das negativas dos entrevistados. Eliana Pedrosa e Rogério Rosso aparecem em seguida, com 8,3% e 4,6%, respectivamente.
No cenário rejeição, os outros candidatos estão tecnicamente empatados, segundo o relatório da pesquisa. Alexandre Guerra tem 1,9%; Júlio Miragaya, 1,6%; Ibaneis Rocha, 1,1%; general Paulo Chagas, 1% e Fátima Sousa, 0,8%.
O levantamento foi publicado no TRE-DF no dia 7 de agosto. O intervalo de confiança estimado é de 95%. A margem de erro, segundo registrou o instituto, é de 3,1 pontos percentuais, para mais ou para menos.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade