quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

author photo

Mais uma jovem afirma ter sido mantida em cárcere por seita do DF
Vítimas moravam com familiares na chácara que pertence ao grupo religioso e eram acusadas de estarem "possuídas pelo demônio" quando decidiam deixar o local
Mais um caso de cárcere privado ligado à Igreja Adventista Remanescente de Laodicéia é investigado pela Polícia Civil. O lugar ficou conhecido nesta semana, depois que o delegado Vander Braga, da 20ª Delegacia de Polícia (Gama), divulgou informações sobre o resgate de uma jovem de 18 anos em 28 de dezembro. Ela teria passado quatro meses presa na chácara-sede da seita, no Gama. A garota, no entanto, não teria sido a única a viver o drama. Dias antes, uma moça de 19 anos também foi salva — desta vez, pelo pai, o aposentado Ronaldo Soares, 50. Agora, ele busca meios legais para reparar os danos causados à filha.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA