banner

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

author photo
Vendedor que filmou ministra Damares Alves em shopping é demitido

Por meio das redes sociais, Thiego Amorim anunciou que não pertence mais ao quadro dos funcionários e diz que "a luta continuará
O rapaz que viralizou no início deste mês ao filmar a ministra da Mulher, da Familia e dos Direitos Humanos, Damares Alves, em um shopping de Brasília foi demitido da loja onde trabalhava, na região central de Brasília. Por meio das redes sociais, Thiego Amorim anunciou que não pertence mais ao quadro dos funcionários e diz que "a luta continuará".
Em conversa com o Correio, Thiego contou que a demissão aconteceu no sábado (12/1). "Quando entrei na loja pela manhã, ela [a proprietária] já estava me esperando para assinar a carta de demissão", relatou. "Foi uma censura. Em momento algum, ela [a ministra] foi tratada mal", acrescentou.
Em meio à polêmica sobre a fala de Damares, onde ela invoca uma "nova era" onde "meninos vestem azul e meninas vestem rosa", a ministra esteve na loja onde Thiego trabalhava. A chefe da pasta usava uma roupa de cor azul, o que levou o rapaz a fazer uma filmagem e divulgar nas redes sociais. A parte do vídeo que viralizou mostra Damares, saindo do estabelecimento, dizendo-se constrangida.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade