sexta-feira, 15 de março de 2019

author photo

Atirador transmitiu ataque, na Nova Zelândia, ao vivo e postou manifesto
A polícia pediu às pessoas para não compartilharem as imagens, nas quais o agressor pode ser visto disparando à queima-roupa
Christchurch, Nova Zelândia - O atirador australiano autor dos ataques contra mesquitas neozelandesas, nesta sexta-feira (15/3), além de transmitir ao vivo a ação mortífera também postou um manifesto racista no Twitter, segundo análise realizada pela AFP.
A polícia pediu às pessoas para não compartilhar as imagens, nas quais o agressor pode ser visto disparando à queima-roupa. "A polícia está ciente de imagens extremamente dolorosas do incidente de Christchurch circulando na internet", afirmou a polícia local no Twitter.
"Recomendamos o não compartilhamento do link. Estamos trabalhando para que essas imagens sejam removidas", acrescentou. Uma cópia do vídeo postado no Facebook Live mostra um homem branco de cabelos curtos dirigindo-se à mesquita Masjid al Noor em Christchurch.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA