Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Classic Header

{fbt_classic_header}

Últimas notícias

latest

Disputa política aumenta pressão para eleições antecipadas na Itália

Matteo Salvini tira selfie com eleitores na Sicília, onde a política de portos fechados aos estrangeiros deu vitória estrondosa ao seu par...


Matteo Salvini tira selfie com eleitores na Sicília, onde a política de portos fechados aos estrangeiros deu vitória estrondosa ao seu partido(foto: Alberto Pizzoli/AFP -10/8/19)

Disputa política aumenta pressão para eleições antecipadas na Itália
Depois de apenas 14 meses desde a formação do atual governo, a Itália pode estar às portas de uma eleição legislativa antecipada ou de um impasse político mais prolongado
Depois de apenas 14 meses desde a formação do atual governo, a Itália pode estar às portas de uma eleição legislativa antecipada ou de um impasse político mais prolongado — ambas as possibilidades resultantes da fragmentação partidária, que dificulta a composição de maioria no parlamento. Amanhã, o ministro do Interior e vice-premiê, Matteo Salvini, considerado o homem forte da atual coalizão, deve submeter um voto de desconfiança ao gabinete de coalizão do premiê Giuseppe Conte — um independente.
Salvini, líder da Liga, de ultradireita, alega divergências com o parceiro, o Movimento Cinco Estrelas (M5S), legenda de protesto criada pelo comediante Beppe Grillo, que tem como líder parlamentar o também vice-premiê Luigi di Maio, titular da pasta do Desenvolvimento Econômico. À parte as diferenças reais, o chefe da Liga faz uma aposta pelo poder. Se o M5S elegeu a maior bancada em 2018, a ultradireita venceu as eleições europeias de maio e hoje lidera as pesquisas de opinião, com cerca de um terço das intenções de voto.