Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Classic Header

{fbt_classic_header}

Últimas notícias

latest

Guaidó é impedido de entrar no Parlamento da Venezuela

Guaidó quer ser reeleito como presidente da CasaRayner Peña/ EFE - 27.8.2019 Guaidó é impedido de entrar no Parlamento da Venezuela Ele e ...


Guaidó quer ser reeleito como presidente da CasaRayner Peña/ EFE - 27.8.2019

Guaidó é impedido de entrar no Parlamento da Venezuela
Ele e outros deputados queriam entrar na Casa para votação da nova mesa diretora. Entrada só foi liberada pela polícia após horas de discussão.
Um grupo da Polícia Nacional Bolivariana da Venezuela (BNP) impediu o presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, e outros deputados, de entrarem na Câmara neste domingo (5) para votação da nova mesa diretora da Casa.
"O Exército, a Guarda Nacional (Bolivariana, GNB), a polícia. Estão todos tentando os mecanismos possíveis para (evitar) a reeleição de um conselho de administração que tem a capacidade de mudar a Venezuela. É a ditadura que a proíbe", declarou Guaidó após ser impedido de entrar.
Diante do bloqueio policial, em que todos os agentes usavam capacetes da tropa de choque, o líder da oposição e presidente autoproclamado do país afirmou que a atitude representa mais uma manifestação da ditadura. "Não importa a forma que a sessão parlamentar tomar, mas vão encontrar espaço para que ela ocorra", destacou o líder opositor.
Está prevista para este domingo (5) uma sessão da Assembleia Nacional na qual será eleita a equipe diretora do Parlamento, e Guaidó almeja ser reeleito como presidente, papel fundamental para manter a queda de braço contra o governo de Nicolás Maduro.
Seguindo a interpretação de várias normas constitucionais, o parlamentar assumiu em janeiro de 2019 o cargo de presidente interino da Venezuela, posição na qual já foi reconhecido por quase 60 países.
Depois de impedi-lo de entrar, um coronel do PNB se dirigiu a Guaidó e lhe garantiu que não estavam tentando proibir sua entrada nem desrespeitá-lo, mas apenas garantir sua entrada ao prédio de maneira ordenada.
Entrada permitida
Mais tarde, os agentes da polícia autorizaram o presidente do Parlamento a passar por um controle inicial e depois acessar a Casa. A partir de então, começaram a permitir que os deputados entrassem um a um.
Também houve legisladores do Estado do Amazonas a quem foi negada a entrada porque, de acordo com a polícia, eles foram "desqualificados". Por outro lado, parlamentares que integram o oficialista Bloque de la Patria, assim como membros da oposição que se afastaram da linha do Guaidó no último minuto, entraram sem problemas.

Nenhum comentário