Eurípedes Júnior e o conflito entre poderes

Ainda em 2016 quando o PROS lançou o médico Davi para disputar a prefeitura as relações de Eurípedes Júnior com empresas complicou a vida do PROS com a justiça.

Uma reunião com a empresa Expresso Planaltina fez com que Davi e sua vice Dona Cida perdessem o cargo.

Já se dizia que o sonho de Euripedes era fazer com que sua mãe assumisse o mandato.

Depois que conseguiram convencer o médico Davi a renunciar o sonho de Euripedes se realizou e o presidente nacional do PROS passou a governar através da mãe.

Por outro lado, Eurípedes está se mostrando um descumpridor de leis e tem atraído decisões judiciais frequentes.

Quis participar do governo como se prefeito fosse, inchou a máquina com centenas de cabos eleitorais e parentes de vereadores, além de trazer para a saúde uma organização paulista com a finalidade de levar 18 milhões da saúde.

Uma perseguição intensa aos servidores concursados foi realizada até os dias atuais e com uma bancada fiel na Câmara de Vereadores o PROS aprovou um pacote que tenta retirar o máximo de direitos.

Por fim, com a internação da Dona Cida em uma UTI no Distrito Federal, Eurípedes ainda quis se manter no poder mesmo sem dar nenhum tipo de explicação a sociedade sobre as condições reais de saúde de sua mãe, que deveria cuidar da saúde neste momento.

Só restou aos prejudicados por uma pessoa acostumada a descumprir ordens judiciais buscar a justiça para tentar evitar o descumprimento da lei por Eurípedes.

Os cabos eleitorais do PROS reclamam nas redes sociais de uma interferência da justiça no governo, mas a justiça serve exatamente pra impedir as ilegalidades e os abusos.

Euripedes responde a tantos processos e é acusado de cometer tantos crimes que aparentemente não tem preocupação nenhuma com isso.

Para evitar interferência o ideal seria cumprir a lei, mas o PROS consegue?

Fonte: Brasilinha Urgente

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here