Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Ivete Sangalo é atacada pela esquerda por não politizar as mortes por Covid-19 no Brasil

Cantora baiana é atacada após não politizar as mortes por Covid-19. O nome de Ivete Sangalo foi parar nos assuntos mais comentados do Twitte...

Cantora baiana é atacada após não politizar as mortes por Covid-19.

O nome de Ivete Sangalo foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter, na manhã desta segunda-feira (21), após lamentar as mais de 500 mil mortes por Covid-19 no Brasil.
Após publicar uma imagem de condolências no Instagram, a cantora passou a ser alvo de ataques.
O motivo? Ivete enfatizou que as vítimas do novo coronavírus não estão relacionadas a partidos políticos.
“Não é natural. 
Não é uma mentira. 
É estarrecedor pensar sobre as milhares de vidas ceifadas e dores irreparáveis em torno dessas perdas. Não é sobre partidos, é sobre humanidade“, escreveu Ivete.
Não demorou muito para o comentário da artista viralizar no Twitter, onde diversos usuários criticaram a postura da baiana em evitar citar o nome do presidente Jair Bolsonaro.
“Ridícula! Acha que consegue se manter em cima do muro! Seu tombo está próximo, Ivete!”, disparou o perfil Leila.

“Ivete vai fazer o que vc faz de pior que é cantar essa música ridícula sua vc calada e um alívio para o nosso ouvido”, acrescentou o usuário Leonardo.

Os dois comentários acima foram respostas às matérias publicadas por blogs da extrema esquerda, que acusaram Ivete de “tirar a responsabilidade” de Bolsonaro pelas vítimas fatais na pandemia.

“Ivete Sangalo tira responsabilidade de Bolsonaro por 500 mil mortos”, escreveu o DCM Online.


Fonte: Folha da Politica 

 

Nenhum comentário