Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Últimas notícias

latest

Imprensa internacional noticia protestos contra Bolsonaro

Imprensa internacional noticia protestos contra Bolsonaro Veículos como The Guardian, The New York Times, Reuters e AP destacam pressão por ...


Imprensa internacional noticia protestos contra Bolsonaro
Veículos como The Guardian, The New York Times, Reuters e AP destacam pressão por impeachment.
As manifestações de rua contra o presidente Jair Bolsonaro neste sábado, 3, tiveram repercussão internacional na imprensa. Jornais, agências de notícias e redes de televisão registraram a insatisfação dos manifestantes diante da gravidade da pandemia no Brasil e das denúncias de superfaturamento na compra da vacina indiana Covaxin, assim como a pressão pela abertura de um processo de impeachment.
O jornal britânico The Guardian publicou a notícia "Brasileiros saem às ruas para exigir a remoção de Jair Bolsonaro", destacando que os pedidos pela saída do presidente ganharam força após as suspeitas de corrupção na compra de vacinas contra a covid-19. A publicação informa que mais de 522 mil brasileiros já foram vítimas da doença e que a pandemia "continua longe de estar controlada" no País.
Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações

Veículos de imprensa internacionais destacaram os atos contra Bolsonaro no BrasilFoto: Reprodução/The Guardian / Estadão
O norte-americano The New York Times cobriu as manifestações com a manchete "Escândalo de vacinas no Brasil ameaça Bolsonaro enquanto protestos se espalham". O jornal destaca os últimos acontecimentos da CPI da Covid e a investigação aberta no Supremo contra o presidente. "A indignação atraiu dezenas de milhares de brasileiros para protestar em várias cidades no sábado", informa a publicação.
A agência de notícias Associated Press também relacionou a mobilização popular com as suspeitas recentes sobre a compra da Covaxin em sua notícia "Corte autoriza investigação de Bolsonaro, que enfrenta protestos". Outra agência internacional, a Reuters, afirmou que os brasileiros pedem a saída de Bolsonaro e reclamam sobre a falta de vacinas, fato que contribui para o Brasil ser o segundo país com mais mortes por covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos.
Ao noticiar as manifestações, a BBC comparou a gravidade da pandemia no Brasil com outros países da América Latina e lembrou que Bolsonaro é "duramente criticado por não implementar uma resposta nacional coordenada e pelo seu ceticismo em relação a vacinas, lockdowns e uso de máscaras". 
A rede de televisão Al Jazeera, a emissora alemã Deutsche Welle e o jornal argentino La Nación, entre outros veículos, também repercutiram os protestos.

Fonte: Terra 

Nenhum comentário