banner

quarta-feira, 9 de maio de 2018

author photo

Notícias de Cocalzinho - Prefeitura de Cocalzinho de Goiás realiza audiência pública para discutir LDO de 2019
Previsão de receita e de gastos ficou em R$ 49 milhões
A Prefeitura de Cocalzinho de Goiás apresentou à população do município a proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano de 2019. Segundo o governo, a receita e os gastos estimados para o próximo ano serão de R$ 49 milhões. Os números foram apresentados em audiência pública ocorrida na sede do Cras local.
A audiência foi coordenada pelo assessor contábil da prefeitura, Ademir Ferreira, e pelo secretário de Administração e Finanças, Ronaldo Assunção. “A LDO serve de base para a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA), dispõe sobre alterações na legislação tributária e estabelece a política de cargos e salários do funcionalismo municipal”, explicou Ademir Ferreira.
A LDO é um instrumento utilizado para administrar os gastos e os ganhos do poder público. Ela possibilita que os governos tenham uma previsão orçamentária referente sempre ao ano subsequente. Com isso, os governos podem estipular prioridades em relação às suas ações de políticas públicas, como também evitar o gasto desnecessário de dinheiro público.
O prefeito de Cocalzinho, Alair Ribeiro, explica que sua gestão apoia a prática da audiência pública pelo fato dela levar à população informações sobre um tema que é de interesse estritamente coletivo.
“O objetivo da audiência pública é levar ao conhecimento da população esses dados e dar oportunidade para que os munícipes participem efetivamente da elaboração desses indicadores, apresentando as necessidades de cada localidade para que o governo municipal possa atender as demandas dentro da legalidade”, afirma o prefeito Alair Ribeiro.
Também pensa assim o prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango. Para ele também é fundamental que as ações tomadas pelo poder público sejam respaldadas na opinião pública, e a realização de audiências públicas é uma forma de se ouvir a população.
“Essa audiência discute sobre as metas e prioridades para 2019, pois quando a gente fala em planejamento, nós temos que falar dele antes dele acontecer. Então, pra tratar o que vai acontecer no próximo ano, nós já estamos debatendo agora com todas as secretarias. E a participação da população é interessante, para que ela possa entender e opinar nos projetos e programas, além de alocar novos valores para as ações já desenvolvidas. É preciso acompanhar quais são as prioridades para 2019 e colaborar com o município na gestão”, diz Hildo.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade