banner

domingo, 14 de fevereiro de 2016

author photo
O senador Cristovam Buarque, um pernambucano eleito pelo Distrito Federal, decidiu abandonar o governista PDT. Nesta semana, ele assinará ficha de filiação no oposicionista PPS.


“Cansei”, disse Cristovam ao blog. “Não quero que meu nome fique associado a um partido que ajudou o país a afundar. Venho falando há tempos que não vai dar certo. Foram muitos alertas. Está cada vez pior. Já não estamos em crise, estamos em decadência. E levaremos muito tempo para sair dela.”


Para Cristovam, a decadência carcome até as conquistas das quais o petismo sempre se jactou. “A Bolsa Família, que já era insuficiente, hoje, com a inflação, vale 20% menos. O PT abriu a porta da casa para algumas pessoas, mas não abraçou. Abraçar seria, por exemplo, providenciar o saneamento, para não tivéssemos a dengue. Não houve um acolhimento real. Apenas permitiu-se que as pessoas pudessem comprar coisas financiadas. No fundo, endividaram as famílias.”

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade