banner

domingo, 28 de janeiro de 2018

author photo


Quando o ex-governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, anunciou sua desfiliação do (DEM), do deputado Alberto Fraga, disse que não seria mais candidato.

Anos depois, Arruda assinaria sua filiação ao Partido da República (PR), para disputar as eleições, objetivando outra vez o Palácio do Buriti.

Porém, Arruda foi impedido por consequências do Enquadramento na lei da “ficha limpa” em decorrência das investigações conhecidas como “Caixa de Pandora”, onde escancarou o mensalão do DEM, que resultou na prisão do ex-governador.

Na opinião de alguns por Arruda ser “ficha suja”, deixa uma mancha no Partido da República. Agora com os rumores da possível saída do ex-governador José Roberto Arruda do (PR), há quem diga que o partido deixará de ser “manchado” com essa mácula do fantasma da Caixa de Pandora.

Informações extra-oficiais se dão conta que Arruda está chateado com o (PR) e o motivo seria a oficialização da candidatura de Jofran Frejat para governador do Distrito Federal em 2018.

Já diz o ditado que “água e óleo não se misturam”. Na opinião dos eleitores o candidato ao Palácio do Buriti tem que ser ficha limpa!

Como nós estamos em janeiro, ainda é cedo para qualquer definição, mas esse ano de “2018” promete.

É aguardar pra ver.

Informa Tudo DF
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade