banner

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

author photo
Brasilia com ar de mudanças!


Por Germano Guedes 

Partidos políticos atentos para as mudanças no Distrito Federal, a forças das ruas, e o desejo de uma transformação no cenário politico Brasiliense, esta movimentando muita gente nos escritórios partidários para escolher o melhor caminho a ser traçado para outubro de 2018.

Hoje o PRB, de Júlio Cesar, esta com a Secretaria de Esporte, e Duas administrações, Samambaia e Riacho Fundo II, na Secretaria esta Leila do Vôlei, suplente do deputado Júlio Cesar, ela obteve em 2014, 11.125 votos. Uma votação considerada expressiva, em Samambaia Paulo Silva, Riacho Fundo II, o advogado Daniel Figueredo, indicão ambos de Julio Cesar com o aval do Governador.

O PRB, sonha mais alto, mesmo sendo um partido novo, é considerado como médio ou grande, e esta protagonizando o cenário politico no DF.


Um dos protagonista é o PRB, sigla comandado por Wanderley Tavares empresário bem sucedido em Brasilia, esta querendo disputar uma  vaga majoritária, mais por enquanto o partido esta na base do atual Governo. Além do PRB conta com a união do PSC e PHS

Brasilia esta assim, Rodrigo Rollemberg (PSB), tinha em 2017, 72%, de rejeição dos Brasilienses, Jofran Frejat (PR), está com 81 anos, com uma idade avançada para enfrentar o desafio de uma campanha majoritária.

O PMDB, ensaiou lançar o empresário e ex-presidente da OAB-DF, Ibanes Rocha, foi colocado em uma cama fria pelo o ex-vice governador de Brasilia, e presidente da legenda no DF, Tadeu Fillippelli, a sua filiação não teve a aprovação do deputado distrital Wellington Luiz.

O PT ensaia lança a ex-deputado Arlete Sampaio, ou Erika Kokay deputada federal por Brasilia.

O Partido dos Trabalhadores perdeu força na Capital, depois da péssima gestão de Agnelo Queiroz (PT), de 2011 a 2014, como Governador de Brasilia.

Nomes mais lembrados nos bastidores da politica brasilienses, é Joe Valle (PDT), presidente da Câmara Legislativa e Wanderlei Tavares (PRB), que tem o apoio do bloco PRB, PSC e PHS, e da maioria das Igrejas Evangélicas de Brasilia, líderes como Orcival Xavier, Bispo Manoel Ferreira, presidente da Assembleia de Deus (Madureira), se o presidente nacional do PRB Marcos Pereira, lançar Wanderley Tavares, para uma possível  vaga majoritária com a união dos blocos partidários  pode consolidar  em 2018.

Os Brasilienses, esperam nomes novo na politica, para disputar eleições majoritária, a exemplo da França, que elegeu Emmanuel Macron como presidente com apenas 40 anos de idade.

Wanderley Tavares, vem trabalhando nos bastidores um projeto politico inovador para apresentar os Brasiliense, se o PRB se unir com o PDT de Joe Valle, e PPS, de Cristovam Buarque, com o apoio do Senador Antônio Reguffe (sem partido), pode ser a renovação de 2018.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade