banner

quarta-feira, 9 de maio de 2018

author photo

Notícias de Águas Lindas - Secretária de Assistência Social de Águas Lindas comemora mais uma atividade desenvolvida no CRAS Barragem
As unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) em Águas Lindas de Goiás continuam a ser motivo de orgulho para a secretária municipal de Assistência Social, Aleandra Sousa, pelo trabalho que desempenham junto à população local.
O CRAS, que é uma entidade pública cuja função é organizar e ofertar serviços socioassistenciais da Proteção Social Básica do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) nas áreas de vulnerabilidade e risco social dos municípios brasileiros, em Águas Lindas cumpre seu papel na íntegra.
A mais recente atividade ocorrida em uma das unidades do centro no município foi realizada no CRAS Barragem II, onde uma roda de conversa com a equipe técnica do centro foi formada para discutir as ações voltadas aos serviços, programas e projetos socioassistenciais de proteção social básica, para as famílias, seus membros e indivíduos em situação de vulnerabilidade social. Na oportunidade também participaram os alunos da Oficina de Artesanato, que contaram sobre suas experiências durante os cursos oferecidos pela oficina.
“Iniciamos a semana com várias atividades, no Cras Barragem, por exemplo, hoje foi dia de Roda de Conversa com a equipe técnica e os alunos da Oficina de Artesanato”, publicou a secretária Aleandra Sousa em sua página no Facebook.
Aleandra busca levar à risca a proposta estipulada pelo governo federal quando o assunto são as funções do CRAS. No caso de Águas Lindas, a secretária cumpre o estabelecido, que é a proteção socioassistencial, por meio da aproximação do poder público às diferentes camadas da população, reconhecendo a existência das desigualdades sociais interurbanas e a importância da presença das políticas sociais para reduzir essas desigualdades socioeconômicas.

“Com nossos serviços no CRAS percebemos o quanto é importante manter políticas públicas voltadas ao social. É em momentos assim, como o ocorrido durante a roda de conversa no CRAS da Barragem, que percebemos o quanto de aprendizado podemos obter com experiências dessa natureza”, sustenta a secretária Aleandra
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade