banner

sexta-feira, 4 de maio de 2018

author photo
Nesta sexta-feira(4/5), às 9h, dançarinos da seleção brasileira de hip hop começam um cronograma de apresentações em escolas públicas e particulares do DF. A primeira instituição seria o Colégio Sërios, na Asa Sul.
O grupo apresenta o espetáculo "Resiliência". Parte da coreografia será levada para os EUA, em uma competição mundial nessa modalidade.

Seleção brasileira de hip hop faz apresentações gratuitas em escolas do DF

A partir de maio, integrantes da seleção brasileira de hip hop, membros da Cia de Dança Have Dreams, se apresentam gratuitamente em escolas públicas e particulares do Distrito Federal com o espetáculo “Resiliência”, que foi estrelado pela primeira vez em 2016. A montagem, que passará por pelo menos seis instituições de ensino, traz a temática da resistência e da mudança pessoal como forma de evolução humana.
Os primeiros alunos a assistirem ao espetáculo são os do colégio Colégio Seriös, localizado no Setor de Habitações Coletivas Sul. A apresentação acontecerá em 4 de maio, a partir das 9h, e terá duração de 45 minutos. Na ocasião, aproximadamente 30 profissionais se revezarão no palco, trazendo uma coreografia com influência de danças urbanas e contemporâneas.
Originalmente, os bailarinos usam elásticos para criar os movimentos, mas, para que fosse possível a apresentação nas escolas, eles tiveram de adaptar a estrutura. Por isso, afirmam terem treinado ainda mais para executar os passos sem ajuda de apoios.
O coordenador do projeto, Dilvan Rodriguez, explica que as expressões corporais colocadas em cena refletem as passagens da vida real, com perdas, desilusões, separações e outros acontecimentos inevitáveis.
“Queremos provocar no expectador uma indagação interna: qual é a minha capacidade de recuperação?”, sugere Rodriguez. “Fato é que quanto maior flexibilidade que uma pessoa possui, menos ela sofrerá com adversidades da vida”, completa.
Depois de passar pelo Seriös, é a vez dos estudantes do Centro Educacional Asa Norte (Cean) assistirem à apresentação. Na sequencia, o Colégio Elefante Branco, na Asa Sul, e o Marista, em Taguatinga, recebem a mostra.
As últimas encenações estão previstas para acontecerem depois de agosto – mês em que o grupo representa o Brasil no World Hip Hop Dance Championship, na cidade de Phoenix, no estado norte-americano do Arisona.
Os dançarinos já têm vaga garantida para a edição 2018 e devem embarcar antes de 5 de agosto o exterior. E essa não é a primeira vez dos profissionais em um campeonato desse porte. Desde 2014, a Cia participa disputas de dança, tanto no Brasil como no exterior.
Rafael Nino, que é o idealizador do Resiliência, afirma que o objetivo dos dançarinos é servir de inspiração para novas gerações. “Queremos mostrar que eles podem sonhar e realizar. Somos prova disso”, pondera. “Temos, também, a oportunidade de levar um espetáculo de música e de arte para dentro de algumas escolas que são tão carentes de eventos culturais como esses”, emenda.
Sobre a Cia Have Dreams
Nascida no DF, em 2010, a Cia Have Dreams foi criada pelo dançarino, coreógrafo e diretor Rafal Nino. Então morador de Ceilândia, Nino se inspirou em um filme chamado ''Escritores da Liberdade'' para iniciar o trabalho na dança. O nome do grupo foi tirado da música “I Have a Dream”, que faz parte da trilha sonora do filme.
Serviço:
O que: espetáculo de hip hop “Resiliência”
Onde: Colégio Colégio Seriös, no SHCS Setor de Grandes Áreas Sul 902 Lote 73 Conj. A
Data: 4/5 (sexta-feira), das 9h as 9h45, e, 5/5 (sábado), das 8h às 8h45.
Classificação: livre
Entrada: franca
Observação: demais apresentações sujeitas a alterações.
Mais informações: 98167-3645 (Rafael Nascimento, assessor de imprensa)
Redes digitais:

Facebook: https://www.facebook.com/CiaHaveDreams
Instagram: @ciahavedream
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade