banner

sábado, 2 de junho de 2018

author photo
Natiruts, Whindersson Nunes, festas juninas… Confira o que fazer no fim de semana!
Beto Gatti/Divulgação

Com greve de caminhoneiros ou sem, brasiliense que conseguir driblar a crise tem várias opções para curtir o fim de semana prolongado na capital

Beatriz Castilho
“Ooh/Natiruts reggae power chegou/Ooh/Transformando toda noite em amor”. A banda brasiliense desembarca em sua terra natal para show neste sábado (2). A apresentação marca o lançamento de seu sétimo álbum, Índigo Cristal, na terceira edição do Natiruts no Parque, a partir das 16h, na Praça das Fontes do Parque da Cidade. As rappers Cynthia Luz e Flora Matos; e a DJ Pathy de Jesus estão entre as atrações, dando força à representatividade feminina do evento.

O local do festival é o mesmo desde a primeira edição, em 2013. “É um lugar emblemático na cidade, bem localizado e de fácil acesso. Tem uma atmosfera perfeita para o nosso tipo de som”, diz Luís Mauricio, baixista da Natiruts, em conversa com o JBr.

Foi em meio ao planalto central, que nasceu uma das mais representativas bandas de reggae do País. Criada em 1996, no rock nacional, causou estranheza pela proposta diferente, explica Luís. “Achavam que éramos da Bahia ou do Rio, e Brasília é uma cidade plural que hoje se destaca em todos os estilos, do rock ao sertanejo… Brasília é a cidade da música”, destaca.

Para o baixista, a diversidade musical é um reflexo da convergência cultural da cidade: “o povo de Brasília é formado por muitos estados e suas respectivas culturas. Misturando a arquitetura e a liberdade dos espaços, isso se reflete na música e traz um diferencial”.

Intitulada inicialmente Nativus, o grupo foi obrigado a se rebatizar após um processo da banda catarinense Os Nativos, por direitos de nome. Assim, nasceu Natiruts, em 1999, que após algumas reformulações, hoje conta com Alexandre Carlo (vocal), Kiko Peres (guitarra) e Juninho (bateria), além de Luís Mauricio, no baixo.

Entre os principais sucessos da banda estão Me Namora, Sorri, Sou Rei, Quero Ser Feliz Também e muitas outras. Em 22 anos de jornada, são mais de 100 composições, que exploram temas como felicidade e liberdade, focando na vida do trabalhador comum, conta Luís. “A música é um instrumento forte de revolução. Temos no nosso DNA esse compromisso de lutar por todas as injustiças”, ressalta.

Na Positiva, música que abre Índigo Cristal, é protagonista do último videoclipe do grupo, gravado na Chapada dos Veadeiros. O vídeo já soma mais de 2 milhões de visualizações no YouTube. E Luís adianta: “vamos lançar o clipe da música Dois Planetas em junho e estamos finalizando um novo álbum para o segundo semestre”.

Para o repertório do show deste sábado, a promessa é um apanhado da carreira do grupo, passando por todos os álbuns, com foco no último lançamento. Com 11 faixas, o sétimo disco foi o retorno da banda para o estúdio, após 9 anos gravando ao vivo. “Foi o primeiro (disco) gravado no nosso próprio estúdio, com calma, sem horário. Uma energia diferenciada”, revela o baixista.

De volta à capital federal, a expectativa é das melhores. “É sempre muito especial. Passam as lembranças do nosso começo, as primeiras conquistas e de como o público brasiliense abraçou o nosso som desde o princípio com tanto carinho”, conclui o baixista.

Ingressos: R$ 70 (meia-entrada). Informações: 3554-4005. Não recomendado para menores de 16 anos.
Funn FestivalO trio Make U Sweat comanda as 10 horas de festa do Puta Farra (Crédito: Divulgação)

Ainda no início da temporada de inverno na capital, o Parque da Cidade já está na estação. Utilizando o clima gélido como tema principal, o Funn Festival brinca com referências invernais para decorar sua extensa programação. Neste fim de semana, atrações de eletrônico e sertanejo ficam responsáveis por esquentar o clima do evento.

A dupla Anavitória, um dos maiores nomes da conhecida como nova MPB, comanda o palco nesta sexta-feira (1). As melhores amigas apresentam sucessos que as consagraram ao público, como Singular, Trevo (Tu) e Agora Eu Quero Ir. Além de canções mais recentes, como Clareiamô, lançada no Carnaval.

Neste sábado (2), o evento promete 10 horas de muita música eletrônica. Trazendo o trio Make U Sweat, a festa Puta Farra toma conta do local. Responsáveis por remix de sucessos como Nightlife is Magic, Mira e Não Quero Dinheiro, os DJs Pedro Almeida, Dudu Linhares e Guga Guizelini se apresentam com convidados surpresa. Ingressos: R$ 120 (feminino) e R$ 140 (masculino).

Já no domingo (3), a farra é sertaneja. A dupla Bruninho & Davi é a primeira a subir ao palco, seguida por Marcos & Murilo. Ingressos: R$ 50 (feminino) e R$ 60 (masculino).

Apesar da vasta lista de atrações musicais, o Funn Festival não para por aí. São possibilidades familiares, com parque de diversões, pista de gelo, roda gigante, shows infantis e até um castelo temático, com 24 metros de altura e 29 metros de comprimento.

O Arraiá Mundo Bita começa às 9h neste sábado (Paulo Caveira/Divulgação)

Além disso, toda a família pode curtir o Arraiá Mundo Bita. A partir das 9h deste sábado (2), brincadeiras juninas, comidas típicas e até quadrilha animam a criançada até as 12h. Ingressos: R$ 49.

Apesar da crise de combustíveis, derivada da greve dos caminhoneiros, não há consequências em relação ao público, de acordo com Paulo Victor Paim, um dos idealizadores e produtores do evento. Segundo ele, “os ingressos continuam sendo vendidos normalmente e a previsão é de receber 6 mil pessoas por dia, a capacidade máxima do local”, garante.

Valores referentes à meia-entrada e sujeitos a alterações sem aviso prévio. Horários, classificação indicativa e programação completa em funnfestival.com.br.

Arraiá do Previ

Neste sábado (2) e domingo (3), comidas típicas, shows, quadrilha e brincadeiras recheiam a programação do Clube dos Previdenciários (712/912 Sul), a partir das 17h. Abrindo a maratona junina, o Arraiá do Previ recebe o grupo feminino de forró pé de serra Chinelo de Couro, neste sábado. Já no domingo é a vez de Sr. Gonzales Serenata Orquestra subir ao palco, com forró da antigas. Ainda na programação, a animação da Quadrilha Bagaço de Cana da Ceilândia.

Ingressos: R$ 5 (meia-entrada). Informações: 3878-7103. Classificação livre.

Hip Hop Contra a Fome

Festival Hip Hop Contra a Fome chega à 12ª edição com mais de 30 atrações, no estacionamento do Serejão (Taguatinga Norte). Amanhã, a partir das 14h; domingo, às 16h. Na programação, nomes como Vera Veronika, Donas da Rima, Mr Papaleo, Interferencia Negra, Madrid Rap, Hitec, D’bronks, Atitude Periférica, T.R.A StrongAtitude Periférica.

Entrada franca mediante à doação de 1 kg de alimento imperecível. Informações na página: facebook.com/14kproducoes. Não recomendado para menores de 18 anos.

Patati PatatáDivulgação

Também neste fim de semana, a turnê Sorrir e Brincar traz a famosa dupla de palhaços Patati Patatá de volta a Brasília para quatro sessões. Em meio a brincadeiras, diversos sucessos musicais dos artistas serão apresentados durante 75 minutos de espetáculo. Serão dois shows amanhã, às 15h e 18h, e dois espetáculos no domingo, mais cedo, às 11h e 15h. Em cartaz no Teatro Unip (913 Sul).

Ingressos: R$ 60 (meia-entrada). Informações: 4101-1121. A classificação é livre.

Eita, Casei!Whindersson Nunes se apresenta neste domingo (3) (Crédito: Divulgação)

O maior youtuber do Brasil chega à capital com o espetáculo Eita, Casei!, que satiriza o casamento do próprio comediante. O sucesso da internet começou no humor postando vídeos em seu canal no YouTube, com apenas 15 anos de idade. Hoje, aos 23, ele conta com quase 30 milhões de inscritos. A apresentação acontece neste domingo, às 18h, no Ginásio Nilson Nelson (Eixo Monumental).

Ingressos a partir de R$ 60 (meia-entrada). Informações: 3034-6560. Classificação livre.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade