banner

quinta-feira, 26 de julho de 2018

author photo

Renata d`Aguiar trabalha para promover oportunidades iguais a sociedade
Pré-candidata a deputada distrital, Renata d’Aguiar luta por inclusão social para transformar a vida de diversas famílias do Distrito Federal
Renata d`Aguiar é economista, formada pela FGV, Auditora Federal de Finanças e Controle do Tesouro Nacional, e possui uma linda história de amor por essa cidade. Sua família tem uma ligação com a capital desde o governo de Costa e Silva, quando seu avô, veio para a capital trabalhar com o presidente promovendo grandes campanhas de amor à pátria. Posteriormente, seu pai também esteve presente em uma das mais importantes obras do DF: o metrô de Brasília.
Enquanto Auditora, Renata foi trabalhar na Câmara Federal na área de orçamento público: local onde sua vocação para política foi se tornando cada vez mais evidente. Seguindo o patriotismo de seu avô, passou a buscar resgatar os bons velhos tempos de crescimento econômico no DF.

Em paralelo ao seu trabalho se engajou junto com catadores do antigo maior lixão a céu aberto da América Latina, na cidade Estrutural, em um projeto social. Foi quando nasceu o Reciclando o Futuro, uma ONG idealizada com objetivo inicial de dar visibilidade a esses trabalhadores e mostrar as riquezas que podem ser geradas a partir do que é descartado.

Entendendo a necessidade da conscientização sobre a importância da separação do lixo, da reciclagem e da coleta seletiva, Renata e os catadores do Projeto palestravam em faculdades e cursos sobre o tema.
Hoje o Reciclando o Futuro busca incentivar práticas empreendedoras sustentáveis, como por exemplo: oficinas de bolo no pote, de alfajor, pães, biscoitos, artesanato entre outros.

“Muitos países já conseguiram entender o quanto o lixo é rico, mas infelizmente aqui no Brasil ainda não avançamos tanto. O lixo pode ser transformado em diversos produtos para consumo direto, basta apenas que as pessoas consigam compreender que um simples ato de separação em suas residências pode gerar renda para milhares de outras famílias que trabalham com a reciclagem, além de estarem cuidando do meio ambiente”, explica Renata.

O objetivo inicial do projeto foi alcançado através do concurso Miss Catadora 2018. O evento propôs que as catadoras produzissem sua própria roupa com material reciclável.

As participantes do concurso foram avaliadas pela sua criatividade. Nos looks, produzidos com itens vindos do lixo, foi possível ver lacres de latas de alumínio, plástico bolha, apliques de caixas de isopor de ovos, papelão, retalhos de tecidos, papel de jornal e revista, além de fitas de VHS, material que se encontra em desuso há alguns anos, mas continua no meio ambiente.

Estando cada vez mais empenhada na luta pela inclusão social, Renata percebeu que precisa dar um passo a mais. Se afastou da presidência do projeto e deu inicio a uma nova caminhada: renovar a política do Distrito Federal por meio de politicas públicas que ancorem a política ao cotidiano das pessoas, e atualmente, é pré-candidata a deputada distrital.

“Tenho certeza que um dia conseguirei fazer ainda mais, não apenas pelo projeto, mas pela sociedade de forma geral, que merece ações mais eficientes, que de fato melhorem a qualidade de vida ”, diz Renata d’Aguiar.

Fonte: Jornal Impresso Fogo Cruzado DF

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade