banner

terça-feira, 10 de julho de 2018

author photo


Renata d`Aguiar e seu trabalho por inclusão social
Pré-candidata a deputada distrital, Renata d’Aguiar luta por inclusão social para transformar a vida de diversas famílias do Distrito Federal 

Renata d`Aguiar é economista, formada pela FGV, Auditora Federal de Finanças e Controle do Tesouro Nacional, e possui uma história de amor por essa cidade desde quando ela era criança.
Seu avô, Coronel Hernani d’Aguiar, deixou o Rio de Janeiro e veio para Brasília trabalhar com o presidente Costa e Silva em 1967, criando a Assessoria Especial de Relações Públicas da Presidência da República. Dedicou sua vida a essa cidade e à nação brasileira, tendo sido um grande exemplo para essa jovem economista.
Sua trajetória profissional começou no Tesouro Nacional e posteriormente foi trabalhar na Câmara Federal na área de orçamento público, local onde sua vocação para política foi se tornando cada vez mais evidente. Com seu ávido interesse pelos feitos do seu avô e sua empatia pela política, sentiu vontade de dar continuidade ao trabalho dele, buscando ajudar a renascer os bons e velhos tempos de crescimento econômico e de orgulho de ser brasileiro.

Em paralelo ao seu trabalho se engajou junto com os catadores do antigo maior lixão a céu aberto da América Latina na cidade Estrutural, em um projeto social, foi quando nasceu o Reciclando o Futuro. Uma ONG que foi idealizada, juntamente com os catadores, com objetivo inicial de dar visibilidade a esses trabalhadores e mostrar as riquezas que podem ser geradas a partir do que é descartado.

O Reciclando começou com um trabalho de conscientização onde os próprios catadores ministravam palestras ensinando sobre a importância da separação do lixo. Hoje são realizadas capacitações para outras fontes de renda, como por exemplo: oficinas de bolo no pote, de alfajor, pães, biscoitos, artesanato entre outros.
“Muitos países já conseguiram entender o quanto o lixo é rico, mas infelizmente aqui no Brasil ainda não possuímos essa consciência. O lixo pode ser transformado em diversos produtos para consumo direto, basta apenas que as pessoas consigam compreender que um simples ato de separação em suas residências, pode gerar renda para milhares de outras famílias que trabalham com a reciclagem, além de estarem cuidando do meio ambiente”, explica Renata.

Estando cada vez mais empenhada na luta pela inclusão social, Renata se afastou da presidência do projeto e deu inicio a uma nova caminhada: renovar a política do Distrito Federal. Percebeu que seria possível promover politicas públicas que ancorem a política ao cotidiano de diversas famílias, e atualmente, é pré-candidata a deputada distrital.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade