banner

domingo, 26 de agosto de 2018

author photo

Cristovam e Rosso vão a lançamento de candidatura de Augusto Carvalho
O encontro ocorreu neste domingo (26/8). O candidato do PSD ao Buriti voltou a criticar serviços prestados pelo GDF em áreas prioritárias

O candidato ao Palácio do Buriti Rogério Rosso (PSD) discursou, na manhã deste domingo (26/8), durante o lançamento da candidatura do deputado federal Augusto Carvalho (SD), no Clube da Saúde, no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA). Lá, se encontrou com o candidato à reeleição, Cristovam Buarque (PPS), líder nas pesquisas de intenção de voto no DF.

Rosso falou, mais uma vez, sobre a insatisfação dos brasilienses em relação às áreas de saúde, segurança e educação. Durante o evento, ele perguntou para as pessoas presentes que nota dariam para esses setores, considerados vitais para a população. “Deram nota zero”, disse.
Antes do evento, a agenda de domingo foi iniciada às 9h, no bairro Arapoanga, em Planaltina. Rosso se encontrou com lideranças religiosas. À tarde, a programação do candidato será dedicada ao plano de governo, com reuniões fechadas.
Por volta das 19h, Rosso estará na missa sertaneja com o Padre Edson, em Taguatinga Sul. No sábado (25), o candidato decidiu fazer campanha de bicicleta. Ele percorreu o trajeto entre a Asa Sul e a Feira do Guará, onde almoçou ao lado de apoiadores, correligionários e encontrou-se com Alírio Neto (PTB), vice de Eliana Pedrosa – segundo ambos, por acaso.

Rosso aproveitou o trajeto para criticar, também, as ciclovias do Distrito Federal. “São muitas, mas não são integradas. Se não tiver cautela, você pode ter um acidente grave. No meu governo, a gente vai integrar as ciclovias”, destacou.

Perfil

Rogério Rosso, 49 anos, é candidato ao Palácio do Buriti e presidente do PSD-DF. De abril a dezembro de 2010, ele foi o governador-tampão do Distrito Federal, após a prisão de José Roberto Arruda (PR) e a renúncia do vice, Paulo Octávio (PP), em meio ao escândalo da Operação Caixa de Pandora.

Carioca e fã de rock, mudou-se para Brasília ainda criança. Viveu na Asa Sul com a família, de classe média, e estudou em escolas públicas da capital. É formado em direito, com especialização em marketing e direito tributário. Antes de entrar para a política, foi executivo nas empresas Mercedes-Benz, Catterpilar e Fiat.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade