banner

sábado, 8 de setembro de 2018

author photo


Militante que tentou assassinar Jair Bolsonaro recebeu na conta dele no valor de R$ 350 mil reais dias antes
O militante que tentou assassinar Jair Bolsonaro estava há 10 dias hospedado em Juiz de Fora, em uma pousada. Sua origem, como se sabe, é Montes Claros, cidade que fica no norte de Minas. A Polícia Federal no momento tenta saber do criminoso o nome do mandante do assassinato do Bolsonaro. Além dele ter tido o auxílio de pelo menos mais dois homens (já presos), vídeos feitos no momento do ocorrido mostram que uma mulher também teve participação no atentado.
Além disso, foi encontrado junto com o criminoso um extrato de uma transferência feita hoje para a conta dele no valor de R$ 350 mil reais. A essa hora, a PF já rastreou a origem desse dinheiro, devido aos acessos que possui aos computadores do sistema bancário.
Ao que tudo indica, Jair Bolsonaro está desmontando a estrutura das organizações de esquerda antes mesmo das eleições. E pode levar boa parte delas para a cadeia, dependendo das ramificações desse atentado. Afinal, não é qualquer grupo político que pode dispor de 350 mil Reais cash hoje em dia. Maurício Alves
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade