banner

terça-feira, 11 de setembro de 2018

author photo

A comunidade de Santa Luzia, uma expansão da cidade Estrutural, onde vivem mais de sete mil famílias, aderiu a campanha do Dr. Carlos Araújo (70.333), candidato a deputado distrital. O apoio da população foi medido durante o lançamento da candidatura do advogado e ativista social ocorrido no último sábado (09). O candidato a governador Ibaneis Rocha (MDB) e o candidato a deputado federal Tadeu Filippelli (MDB) estiveram presentes ao evento

Por Toni Duarte//RADAR-DDF


Entre o medo de perderem suas casas que o atual governo insiste em erradicar usando os tratores da Agefis e a esperança de continuarem no mesmo pedaço de chão, fez com que as sete mil famílias mergulhasem de corpo e alma no projeto politico encabeçado por um advogado que defende a comunidade há mais de 12 anos nos momentos que ela mais precisa.
Carlos Araújo, ou simplesmente “DR. Carlos”, como o advogado e ativista social é identificado por cada morador da Estrutural e, principalmente, dentro da comunidade de Santa Luzia, onde a maioria vivem em barracos de madeira, não é uma pessoa qualquer.
“Ele é nosso , é de casa”, diz Almerindo Rodrigues, que lidera um grupo de cooperativados que trabalha na reciclagem do lixo e que marcou presença com seus companheiros para prestigiar o candidato a deputado distrital pelo Avante.

O pastor Valério Cristiano, que desenvolve um trabalho pastoral na comunidade há mais de cinco anos, disse que a comunidade de Santa Luzia precisa de uma voz firme na Câmara Legislativa, capaz de defender os seus interesses sobretudo na área da regularização.
Ele afirma que o Dr. Carlos tornou-se o maior patrono da causa do povo de Santa Luzia, bem como da Estrutural, e que é um homem solidário nos momentos mais difíceis da comunidade como em 2015 quando 22 barracos foram consumidos pelo fogo.
“O Dr. Carlos se empenhou na reconstrução dos barracos para que as famílias atingidas não ficassem ao desabrigo”, contou.
Como símbolo do abandono onde o braço do GDF nunca chega por lá, a sensação de quem visita a comunidade de Santa Luzia é de que o lugar não está dentro do quadrilátero do DF embora esteja a exatos 13 quilômetros do Plano Piloto da capital da República.
Acostumado a cruzar ruas e vielas cercadas por tapumes de madeira, o Dr. Carlos sabe mais do que ninguém o tamanho do sofrimento que atinge a população da região, ora atolada na lama, ora na poeira por falta de obras estruturantes e de saneamento básico que possam dá dignidade e cidadania as seus moradores.
Um lugar onde não existe saneamento básico, não ha escolas e a energia elétrica vem pelas gambiarras de um enorme emaranhado de fios que passa sobre as casas.
A comunidade conta com algumas creches que acolhem mais de uma centena de crianças as quais sobrevivem com a ajuda do Dr Carlos.
Nos últimos quatro anos a comunidade viveu momentos de pesadelos com as operações de derrubadas realizadas pela Agefis.
Em muitas delas o advogado entrou no meio do avanço dos tratores, aguentou jato de água nos olhos desferido pelo BOPE da PM, mas resistiu em defesa de famílias hipossuficientes.
“O governo que derruba casas em Santa Luzia, que nega o direito de o povo ter água, luz, asfalto e esgoto, alegando que o Decreto 34.211/2013 não permite, ´é o mesmo que manda a Codhab construir prédios de apartamentos na mesma área. Isso vai mudar”, prometeu o Dr. Carlos no ato de lançamento de sua candidatura a Câmara Legislativa.
Ele afirmou ainda que o governo Rollemberg precisa ser derrotado nas urnas nestas eleições para que o povo pobre que vivem nas comunidade abandonadas se livre do pesadelo das derrubdas.
“Eu sou a esperança dessa população. Como deputado eleito com a ajuda do povo de Santa Luzia posso lutar pelo asfalto, pela luz, pela água, por escolas e creches e a regularização de todas as casas de quem mora na comunidade”, afirmou o Dr. Carlos.
O candidato a governador pelo MDB, Ibaneis Rocha e o candidato a deputado federal Tadeu Filippelli estiveram presentes ao evento e reforçaram o compromisso de melhorar as condições de vida da população da Estrutural e da comunidade de Santa Luzia.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade