banner

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

author photo

“Quem quiser se aliar ao passado, fica com Eliana”, provoca Ibaneis
Apesar do quinto lugar nas pesquisas, o emedebista acredita que enfrentará a candidata do Pros no segundo turno da disputa ao Governo do DF
O candidato ao Governo do Distrito Federal (GDF) pelo MDB, Ibaneis Rocha, dedicou a manhã desta terça-feira (18/9) para fazer corpo a corpo no comércio da avenida central do Riacho Fundo I. Na ocasião, Ibaneis destacou seu crescimento nas pesquisas e apontou a concorrente Eliana Pedrosa (Pros) como a mais consolidada para uma possível disputa no segundo turno.

“Os projetos de todos os outros candidatos, inclusive o dela, são voltados para o passado. Então, quem quiser se aliar ao passado, fica com Eliana. Quem quiser olhar para o futuro, é comigo”, disse Ibaneis sobre possíveis alianças caso passe para a próxima fase das eleições locais.
Na pesquisa Ibope encomendada pela TV Globo e divulgada nessa segunda-feira (17), o advogado mostrou um aumento de dois pontos percentuais em relação ao levantamento de 12 de setembro, passando de 7% para 9%. No início da campanha, o candidato alcançava apenas 3% das intenções de voto.
Foco
Na agenda desta terça-feira (18), enquanto comia um salgado em uma padaria da região, Ibaneis comentou sobre o indeferimento, pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF), da candidatura ao Senado de Hélio Queiroz (PP), da sua chapa. “Se eles perderam um candidato, não devo interferir. Não estou preocupado com candidaturas ao Senado, mas com a minha”, afirmou o postulante ao Palácio do Buriti.

A caminho de outro compromisso, o advogado parou o carro e desceu para dar um abraço no concorrente Rogério Rosso (PSD), que também cumpria agenda no local. No encontro, ambos falaram sobre o segundo turno. “Será nós dois, hein?”, brincou Ibaneis.
MICHAEL MELO/METRÓPOLES


Os adversários Ibaneis e Rosso se encontraram durante campanha no Riacho Fundo I
Promessas
Para Riacho Fundo I e II, o ex-presidente da Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF) disse que, se eleito, irá focar os empresários das duas regiões administrativas. “O que essas cidades precisam é de um investimento muito forte na área do comércio, para que eles voltem a empregar a população local”, prometeu.
Um problema apontado por moradores do Riacho Fundo I foi a insegurança na avenida central. “Estamos diante de uma área muito aberta que possui saídas para vários lugares de Brasília, o que acaba facilitando a criminalidade. Teremos que procurar soluções mais eficientes para resolver esse problema”, declarou o buritizável, sem detalhar suas propostas sobre o assunto.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade