banner

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

author photo

Na quinta-feira (06), os teresinenses acordaram com uma chuva inesperada que deixou a temperatura mais amena. Setembro não é o mais quente, mas é o mais seco do ano no Piauí e geralmente acontece apenas uma chuva esparsa que costuma ser bem fraca. No entanto, de acordo com o climatologista e professor da Uespi, Werton Costa, o volume de água que caiu na manhã de ontem foi o esperado para todo o mês.

“De modo geral, a climatologia de precipitação, aponta uma carga de chuva na ordem de 10 mm para setembro, porém de forma surpreendente nos últimos dois ou três dias ocorreu uma mudança súbita nas condições do ar atmosférico e o valor de 15 ou 20 mm, sendo que boa parte deles foram concentrados em uma hora, isso representa de fato um movimento inusitado na atmosfera”, explicou o professor Werton.

Teresina teve uma chuva bem espalhada durante o início da manhã. Em algumas regiões choveu 6 mm, em outras 7mm. Em alguns bairros choveu 9 mm e em outros 15 mm. Já no bairro Santa Maria da Codipi, na zona Norte, chegou a ser registrado 20 mm de chuva, o que é considerado surpreendente para os climatologistas.

A chuva inesperada deixou os teresinenses animados, principalmente devido ao B-R-O Bró, considerado o período mais quente no Esado. Mas, o climatologista esclarece que uma nova incidência de chuva no mês vai depender da massa de ar frio.

“Estamos falando de um movimento esporádico. Geralmente estes fenômenos têm uma grande dificuldade de chegar até o Nordeste porque são sistemas localizados no Sul e Centro Sul do país. Se as condições de transportes de umidade continuarem, é provável que ainda nesse próximos dias, no mínimo um chuvisco em algumas áreas ou quem sabe possamos ser surpreendidos novamente”, disse Costa.
Lyza Freitas 
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade