banner

terça-feira, 2 de outubro de 2018

author photo


Candidata defende valores cristãos como remédio para dias melhores na política do DF
Em defesa da família e dos valores cristãos, a candidata à Câmara Legislativa do Distrito Federal, Bena Domingos, é categórica ao afirmar que é necessário defender a legalização dos espaços religiosos no DF, uma vez que a legalização de terrenos de igrejas é uma reivindicação antiga e traz à tona uma polêmica que se arrasta há, pelo menos, três anos.
Segundo ela, durante o período, 32 igrejas (a maioria evangélica) foram demolidas no DF, sem aviso prévio ou ordem judicial. Bena, que é cristã e integrante da Assembleia de Deus de Taguatinga, avalia que tal medida é uma perseguição religiosa velada. “Fechar igrejas não é o caminho. Pelo contrário, demonstra intolerância religiosa”, destaca.
As derrubadas foram promovidas pelo atual governador do Distrito Federal e têm gerado polêmica em todo o país. Inúmeros veículos de comunicação noticiaram o ocorrido na capital federal. “Hoje, a administração do DF segue a linha marxista, não importam os meios, e sim os fins... certamente, essa foi uma tentativa de acabar com a força dos cristãos que vem crescendo a cada ano”.
A candidata afirma que, quando eleita, vai preservar os valores bíblicos e assegurar os direitos da família, bem como priorizará a regularização da questão das igrejas e templos religiosos. “O DF precisa orar por novos representantes que defendam os valores cristãos. O que vivemos na política, é reflexo de uma guerra espiritual também.”.
Para Bena Domingos, é possível fazer política de maneira séria e honesta e, para isso, é fundamental o voto consciente e renovador. “Dia 7 de outubro será a oportunidade, o divisor de águas entre um novo DF e o descaso, que todo morador da região está sofrendo”, encerra a filha do pastor, ex-vice governador e deputado federal por Brasília, Benedito Domingos.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade