banner

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

author photo

Rollemberg aceita derrota: “Não pretendo fazer um terceiro turno”
Governador perdeu a disputa pela reeleição. Ibaneis Rocha, do MDB, assume o Palácio do Buriti em 1° de janeiro de 2019

Era por volta das deste domingo (28/10) quando o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) chegou ao Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), no comitê central de campanha. O socialista acompanhou a apuração em um sítio na área rural de Luziânia (GO), ao lado da mulher, Márcia, e de dois dos três filhos.
Mais tarde, ele deslocou ao SIA após as urnas confirmarem a vitória de Ibaneis Rocha (MDB). Depois, seguiu para a casa da mãe, Dona Tereza, na 206 Sul. No local estavam parentes, como Ícaro, um dos filhos de Rollemberg, além de apoiadores. Após receber os cumprimentos da matriarca, voltou para o SIA, onde foi recebido aos gritos de: “Eu tenho orgulho, eu tenho amor, o Rollemberg é o melhor governador”.
Ao comentar a derrota, Rollemberg disse que não pretende “fazer força” para que os processos contra Ibaneis tenham um andamento mais rápido na Justiça e que aceita “humildemente a derrota”. “As ações terão curso normal do judiciário. Recebemos com humildade o resultado das urnas e respeitamos o desejo da população de Brasília. Não tenho a menor pretensão fazer um terceiro turno nessas eleições”.
“Legado”
Logo após votar, nas primeiras horas desta manhã, Rollemberg disse que estava tranquilo. “Acordei sereno, com a sensação de dever cumprido. Sei que pegamos Brasília numa situação difícil tanto do ponto de vista político quanto da economia, mas deixamos um legado à cidade”, afirmou o gestor.


your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade