banner

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

author photo

Rollemberg consultou Seba antes de nomear novo diretor-geral da Polícia Civil

Eixo Capital/ Por Ana Maria Campos
A um mês do fim do mandato de Rodrigo Rollemberg, o diretor-geral da Polícia Civil do DF, Eric Seba, deixou o cargo com a aposentadoria. Como havia anunciado em entrevista ao Correio, há um mês, o delegado avalia que concluiu um ciclo em sua vida. Extremamente leal a Rollemberg, Seba enfrentou muitas críticas de sua classe por manter-se ao lado do governador ao longo de todo o mandato. Durante muito tempo, ele garantiu internamente que a paridade dos salários dos policiais civis aos da Polícia Federal (PF) seria concedida. Foi avalista de um compromisso que acabou não sendo cumprido por Rollemberg. Na substituição, o atual governador recebeu de Ibaneis Rocha um pedido para que o delegado Robson Cândido fosse imediatamente nomeado como diretor-geral. Antes de tomar a decisão, Rollemberg consultou Seba e acabou preferindo nomear o número dois da corporação, Cícero Jairo.
Cotado
O procurador-geral de Justiça do DF, Leonardo Bessa, que deixa o cargo na próxima semana é apontado no meio jurídico como um potencial candidato para a próxima vaga do Ministério Público do DF no Tribunal de Justiça do DF. Dois desembargadores oriundos da classe, Humberto Ulhoa e Nidia Correia Lima, vão se aposentar nos próximos quatro anos.
Amizade
Quando assumiu a candidatura ao Senado, o advogado João Pedro Ferraz (PPL) sabia que tinha pouca chance de vitória. Mas sua relação com o governador eleito Ibaneis Rocha é de amizade e lealdade. Ex-procurador-geral do Trabalho, ele agora assume uma função na nova administração.
Mensagem já vai para a CâmaraNum gesto de cortesia, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) vai encaminhar à Câmara Legislativa as mensagens de indicação dos nomes escolhidos pelo governador eleito, Ibaneis Rocha, que precisam passar pelo crivo dos deputados distritais. São eles: Ludmila Galvão (foto) para a Procuradoria-geral do DF e Paulo Henrique Bezerra Rodrigues Costa para a presidência do BRB. Eles serão sabatinados e poderão tomar posse no começo do ano.
Nascido nas gôndolas
O empresário José Humberto Pires de Araújo é o mais novo comendador do Brasil. O reconhecimento é da Associação dos Supermercados do Brasil (Abras), durante o evento que comemorou os 50 anos da entidade, em São Paulo. Após 20 anos de criação da comenda, José Humberto entrou em um seletíssimo grupo, do qual fazem parte Artur Sendas e João Carlos Paes Mendonça. Secretário de Governo da gestão Arruda, José Humberto começou a vida profissional aos 13 anos como empacotador em um mercado de Taguatinga, onde ocupou todos os postos e, com a família, dirigiu o grupo de supermercado Planaltão. Na cerimônia, agradeceu à família e a todos que abriram oportunidades a ele. “Quase nasci entre gôndolas de supermercado”, brincou.
Convite reforçado
José Humberto Pires foi convidado a assumir a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do governo Ibaneis Rocha, mas não topou voltar para a vida pública. Para o governador eleito, José Humberto seria uma super aquisição em sua equipe. Ele ainda não desistiu e promete insistir, mas o empresário está relutante.
Escolha técnicaPedro Luiz Rodrigues disse ter sido uma supresa a escolha do seu nome para futuro secretário de Relações Internacionais do Governo do Distrito Federal. Ele, que sequer conhece o governador eleito, Ibaneis Rocha (MDB), disse ter ficado contente. Rodrigues domina dois campos, o jornalismo e a diplomacia. Entre outros, foi chefe da sucursal do jornal Estado de S. Paulo em Brasília. Deixou a profissão para ingressar no Instituto Barão do Rio Branco. Comandou a Embaixada do Brasil na Nighéria e serviu em vários postos importantes, como Washington, Paris e Tel-aviv. A escolha dele foi festejada por colegas do Itamaraty.
Aproximação
O distrital eleito Eduardo Pedrosa (PTC) pode migrar para o PSL, partido do futuro presidente, Jair Bolsonaro. Um encontro com a deputada eleita Bia Kicis, que assumirá o comando da legenda no DF, indica que o caminho está aberto. Pedrosa, que postou a foto nas redes sociais, tem liberdade para mudar de legenda porque o PTC não atingiu a cláusula de barreira.

http://blogs.correiobraziliense.comhttp://blogs.correiobraziliense.com.br/cbpoder/rollemberg-seba-diretor-geral-policia-civil/.br/cbpoder/rollemberg-seba-diretor-geral-policia-civil/
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade