banner

domingo, 24 de fevereiro de 2019

author photo

SOS DF volta à Estrutural, que comemora 15 anos em alto estilo
Medida foi anunciada pelo vice-governador Paco Britto, que cortou o bolo de aniversário da cidade
O Programa SOS DF vai retornar à Estrutural em sua segunda etapa de ações. O anúncio foi feito neste sábado (23) pelo vice-governador Paco Britto na celebração do aniversário de 15 anos da cidade. “Foi muito pouco pelo que vocês precisam”, disse. Segundo ele, o foco do GDF desta vez será melhorar o posto de saúde, as quatro escolas e levar mais serviços públicos para a cidade.

Desde o início da gestão do governador Ibaneis Rocha, o SOS DF vem realizando uma série de pequenas obras e intervenções para a recuperação das cidades do Distrito Federal. No início deste mês, foram executados serviços como poda de árvores, recolhimento de entulho, varrição, além da instalação de novos pontos de luz elétrica na Estrutural.
Em comemoração aos 15 anos da cidade, os moradores se reuniram na Praça Central para cantar parabéns, apagar 15 velas e cortar o bolo de 15 metros. “Ao apagar essas velas, estamos comemorando uma luta de cinco décadas desse povo. Os primeiros moradores que chegaram aqui foram tratados como invasores. Não havia nenhum serviço público, as famílias eram obrigadas a viver de improviso. Com perseverança, luta e até sangue a cidade se impôs”, lembrou o vice -governador.
Domingos Costa e Silva se lembra bem dessa época. Ele chegou na Estrutural em 1995, quando a cidade era irregular e as forças de segurança ainda tentavam combater a ocupação do local. “Nem entrar com fogão e gás eles não deixavam”, contou. “Aqui só tinha barraco, poeira e lama”, completou.
Vida novaRealidade diferente da atual. Hoje a Estrutural tem escolas, posto de saúde, praças, quadras de esporte e outros equipamentos públicos, como um Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). Neste sábado, o administrador da cidade, Germano Leal, entregou a Paco Britto um programa de gestão para os próximos quatro anos que prevê a construção de uma creche e uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA).
Para Camila Santos de Melo, 31 anos, a Estrutural é um local de oportunidades. Ela saiu de Vitória da Conquista (BA) há dois anos com o marido e dois filhos, de 8 e 10 anos. Veio em busca de uma vida melhor e não se arrepende. “Meu marido faz bico, mas não fica parado. Meus filhos não sabiam ler e, com dois meses na escola nova, aprenderam. Já fiz um curso de culinária e agora quero fazer faculdade”, planeja.
Paco Britto também lembrou que a Estrutural foi escolhida para receber uma das quatro escolas com o projeto-piloto da gestão compartilhada entre a Secretaria de Educação e a Polícia Militar. “Esse projeto dá segurança aos alunos, à comunidade e é o início de mais uma mudança importante no Distrito Federal” afirmou.
GALERIA DE FOTOS
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade