( 00:00:00 )

sexta-feira, 22 de março de 2019

author photo


Participação da população é fundamental para a formulação de políticas públicas

Começam, na próxima terça-feira (26), as conferências regionais de saúde, uma preparação para a etapa distrital, prevista para junho, e para a 16ª Conferência Nacional de Saúde, que acontecerá em Brasília entre os dias 4 e 7 de agosto deste ano.​

“A etapa nacional discutirá o que foi debatido nas etapas municipais e estaduais. Como, no DF, não temos município, serão realizadas conferências nas sete regiões de saúde, com organização dos conselhos de saúde regionais e a possibilidade de participação de toda a sociedade civil organizada”, explica a presidente do Conselho de Saúde do Distrito Federal, Lourdes Piantino.

PARTICIPAÇÃO – A primeira região a realizar a conferência do DF, já no dia 26, será a Norte, que compreende Sobradinho, Planaltina e Fercal. No dia seguinte (27), o Hospital da Asa Norte receberá os representantes da Região de Saúde Central. Entre os dias 3 e 10 de abril, todas as outras regiões farão seus encontros, que duram o dia inteiro.

O tema de 2019 será “Democracia e saúde: saúde como direito e consolidação e financiamento do SUS”. Os eixos a serem discutidos serão: saúde como direito, consolidação dos princípios do Sistema Único de Saúde e financiamento adequado e suficiente.

“É importante que a população participe, porque é ela quem utiliza os serviços de saúde. Será ouvindo os usuários que saberemos que tipo de atendimento o governo está levando para as pessoas e tentar sugerir propostas de mudanças”, ressalta Piantino.

PECULIARIDADES – O chefe da Assessoria de Relações Institucionais da Secretaria de Saúde, Delmo Menezes, destaca que cada região administrativa tem sua especificidade e, por isso, é tão importante essa primeira etapa de debates. “Os temas mais relevantes que serão discutidos na etapa distrital sairão das regionais”, complementa.

Para a Conferência Distrital de Saúde, que acontecerá em junho, está prevista a participação de 500 pessoas. O evento terá representantes de todas as regiões de saúde do DF, os chamados delegados, sendo 40 da Região de Saúde Central, outros 52 da Centro-Sul, mais 44 da Norte, 40 da Sul, 36 da Leste, 56 da Oeste e 64 da Sudoeste.



Fonte: IGESDF – Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde / (61) 2017 1111
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior