banner

segunda-feira, 22 de abril de 2019

author photo

Por Jovem Pan
Danilo Gentili foi condenado a seis meses de detenção

Danilo Gentili foi condenado nesta quarta-feira (10) a seis meses de detenção pelo crime de injúria praticado contra a deputada federal Maria do Rosário (PT). Em entrevista exclusiva ao programa Os Pingos nos Is, o apresentador reafirmou que não fez nada de errado. “Ainda que eu vá preso, eu prefiro ir preso a me ajoelhar para a patrulha”, declarou.

Gentili explicou que foi processado pela parlamentar após ter recebido uma moção de censura por um vídeo que postou em suas redes sociais em 2016 em que falava sobre ela. Na ocasião, ele rasgou o documento, esfregou em suas partes íntimas, colocou em um envelope e despachou de volta para o gabinete da deputada em Brasília. A ação foi gravada em um vídeo divulgado na internet. “Eu achei que era um protesto genuíno”, disse.

Na entrevista, o comediante revelou que ficou sabendo da condenação através das redes sociais da Jovem Pan, já que passou a tarde toda em estúdio gravando o “The Noite”, seu programa do SBT. Gentili afirmou ainda que a condenação mostra como a classe política é autoritária. “Essa classe política é autoritária e usa a máquina estatal para esmagar o cidadão”, disse. “Eles falam o que querem, quando a gente responde, é condenado à prisão.”
por taboola Mais lidas
Senadores vão pedir impeachment de Alexandre de Moraes e Dias Toffoli
Vacinação para todos os públicos contra gripe começa na segunda-feira

O apresentador lembrou, por fim, de uma das audiências que teve com Maria do Rosário. Ele disse que a deputada chorou e o acusou de “covardia” por postar um vídeo contra ela para seus “milhões de seguidores”. “Eu disse que era uma covardia grande mesmo, tinha uma pessoa usando a máquina do Estado para esmagar a liberdade de expressão do cidadão”, contou. “Ela me processou usando meu dinheiro, vou para a cadeia com o meu dinheiro.”

Danilo Gentili pode recorrer da decisão em liberdade e ter a pena revertida. “Eu não acho que fiz nada de errado. Às vezes é uma obrigação desrespeitar a patrulha e o autoritarismo”, concluiu o humorista.
Assista aqui a entrevista completa:

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Publicidade