( 00:00:00 )

quarta-feira, 5 de junho de 2019

author photo

Ibaneis e bancada do DF no Congresso tentam liberar R$ 372,6 mi em emendas
Mobilização do governador e da bancada do DF no Congresso Nacional tenta liberar R$ 372,6 milhões parados por pendências e falhas em projetos. Caso sejam resolvidas, os recursos serão investidos em saúde, educação, segurança e infraestrutura
Enquanto sofre com uma dívida bilionária e sem dinheiro para investimentos, o Distrito Federal tem R$ 372,6 milhões congelados que poderiam ser usados para bancar obras e iniciativas. O valor é referente a emendas da bancada de deputados e senadores da capital não executadas entre 2016 e 2018 devido a pendências e falhas nos projetos aos quais os recursos serão destinados. O total equivale a um terço do R$ 1,1 bilhão previsto pelo GDF para investimentos em 2019, segundo a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).
Na lista das obras que aguardam a verba da União, está o Hospital Oncológico. A proposta se arrasta há anos. Em 2012, a bancada do DF chegou a prever a destinação dos recursos em emendas apresentadas à Lei Orçamentária Anual (LOA). Em 2015, a situação repetiu-se. A verba, porém, nunca chegou a ser executada. Para que o GDF dê início à construção, é preciso entregar o projeto de engenharia, obter a licença ambiental prévia e comprovar a titularidade da área onde a unidade de saúde será erguida.


your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior