( 00:00:00 )

sábado, 27 de julho de 2019

author photo

Flagrante em tentativa de assalto, perseguição, tiros e apreensão, tudo isso em uma ocorrência na Estrutural.
Na noite desta sexta-feira (26/07), por volta das 22h, um homem informou aos policiais que estavam nas viaturas de prefixo 3746 e 3817, que um indivíduo em uma bicicleta portava uma arma de fogo e abordou um veículo Palio Weekend preta, próximo a igreja Assembléia de Deus do setor leste. De imediato os policiais foram até o local e viram uma das vítimas com as mãos na cabeça, posteriormente identificado por Joaquim.
Ao perceber a aproximação das viaturas, o autor do roubo saiu em arrancada com o veículo desobedecendo todas as ordens de parada (Sonoros e luminosos). Já na a avenida Luiz Estevam no sentido contrário ao da via em alta velocidade perdeu o controle do veículo e colidiu com uma placa de trânsito e 05 barras de proteção da calçada em frente as lojas, após as colisões o carro ainda andou por aproximadamente 15 metros parando ao lado da esquina, a guarnição rapidamente desembarcou e se abrigou dando ordens para que o autor se deitasse no chão, o autor desembarcou pela porta do passageiro com a arma do roubo em punho apontando para os integrantes da guarnição, foram efetuados disparos em direção ao solo próximo ao autor no intuito de intimida-lo e fazer desistir de possíveis disparos contra guarnição.



Após os disparos o autor arremessou a arma em direção a guarnição e saiu correndo do local sendo acompanhados pelos Soldados Diovane e Marlon Lúcio por aproximadamente 650 metros, por fim a viatura 3746 alcançou os policiais que apontaram o fugitivo que foi detido em seguida. Durante a fuga descalço, o autor do roubo caiu duas vezes vindo a se auto lesionar, no momento da abordagem foi necessário o uso da força para contê-lo, inclusive foram necessários 2 policiais para algemá-lo. Na revista ao autor foram localizados 02 aparelhos celulares das vítimas, ao retornar ao local onde o veículo foi abandonado foi possível verificar que a arma usada no roubo se tratava de um simulacro (Air Soft).


Ao questionar o autor o motivo dele apontar o simulacro para a guarnição ele informou que havia feito uso de muito ROHYPNOL e não estava pensando direito. Diante dos fatos o autor, vítima e os objetos recuperados do roubo foram levados para a 1ªDP para registro do Flagrante. Vale ressaltar que graças a rápida ação das equipes da área entre o roubo e a recuperação do veículo se passaram menos de 2 minutos. No momento da detenção do autor já chegaram em apoio o restante dos prefixo de serviço (3828, GTOP A e B e até os Radio Operadores de serviço no quartel).



Resultado: - Uma prisão em Flagrante de Roubo.

- Um veículo e dois celulares recuperados.

- Um simulacro de arma de fogo apreendido.

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior