( 00:00:00 )

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

author photo

Caseiro contou que padre Casemiro gritou em assalto: “Não faz isso”
Corpo do religioso está sendo velado na Paróquia Nossa Senhora da Saúde, na 702 Norte. Governador Ibaneis está presente
O clima é de comoção e revolta na Paróquia Nossa Senhora da Saúde, na 702 Norte, onde o corpo do padre Kazimerz Wojno, conhecido como padre Casemiro, 71 anos, é velado na manhã desta segunda-feira (23/09/2019). Ele foi vítima de um assassinato brutal no fim de semana. Os bandidos fizeram uma emboscada no momento em que o religioso fiscalizava uma obra nos fundos da paróquia. E também deixaram o caseiro amarrado. O governador Ibaneis Rocha (MDB) chegou na cerimônia por volta das 10h.
“Eles amarraram muito forte o arame, que estava todo torcido. Assisti o policial tentando tirar, porque estava muito difícil”, conta uma das testemunhas, que chegou com a polícia ao local. Ela conta que o caseiro José Gonzaga da Costa foi criado pelo pároco desde os 16 anos. Após ser libertado, teria dito, ainda segundo a testemunha. “Pai, você me deixou”.
Testemunhas disseram que o caseiro estava com a boca cheia de plástico, também com braços e pernas amarradas. Chegaram a pensar que ele estava morto.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior