( 00:00:00 )

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

author photo


Rafael foi subsecretário no Rio de Janeiro e sua indicação desagradou aliados de Ibaneis Rocha
O doutor em educação pela Universidade de Nova Iorque, Rafael Parente, será o secretário da Educação a partir de janeiro no Distrito Federal. A escolha foi revelada pela equipe do governador eleito Ibaneis Rocha (MDB). A indicação acabou sendo uma surpresa para o senador Cristovam Buarque (PPS/DF) e para o deputado federal e senador eleito Izalci Lucas (PSDB/DF).
Izalci gostaria que a secretária da Educação fosse a professora Amábile Aparecida Passos, que estava cotada para o cargo. Izalci e Cristovam estiveram com Ibaneis e na ocasião, o governador eleito disse que aproveitaria no total ou parcialmente um plano para a educação elaborado pelo senador do PPS, que não conseguiu a reeleição.
Rafael é filho do ex-ministro da Casa Civil e ex-presidente da Petrobras Pedro Parente, no governo de Michel Temer (MDB). O futuro secretário fundou e dirigiu o Laboratório de Inovação Educacional (LABi) e criou e implementou a Educopédia. Ele foi Rafael Parente foi subsecretário municipal de Educação do Rio de Janeiro de 2009 a 2013.Rafael Parente, que será o secretário da Educação do DF
Veja os nomes de outros indicados:
Ibaneis já escolheu vários auxiliares. Anderson Souza para a Secretaria da Segurança Pública, Laerte Bessa para o GSI, o delegado Robson Caetano vai dirigir a Polícia Civil, e a Coronel Sheyla Soares Sampaio comandará a Polícia Militar. O empresário José Humberto Pires não aceitou o convite para assumir a Secretaria de Desenvolvimento Econômico
Júlio César de Azevedo Reis vai continuar como presidente da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap).
A nora do ex-deputado Tadeu Filippelli, Ericka Filippelli será a nova secretária da Mulher.
O auditor-fiscal André Clemente vai para a Secretaria da Fazenda.
O vice-presidente administrativo e financeiro do Sinduscon, Izidio Santos, vai ocupar a Secretaria de Obras
O advogado Mateus de Oliveira vai para a Secretaria da Habitação, que cuida da regularização fundiária.

Fonte: Misto Brasília
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior