( 00:00:00 )

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

author photo




Por Germano Guedes Leal

O agricultor, Claudinei Rodrigues dos Santos, conhecido como Passo Preto, confessa em vídeo um crime eleitoral. “Gastei o dinheiro com cerveja”, afirma o ex-candidato a deputado federal pelo PSOL.
Passo informa que recebeu notificação da Justiça Eleitoral para prestação de contas dos recursos que recebeu do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, mas que não sabe como fará, pois gastou todo dinheiro com cerveja.
Em um vídeo gravado, o ex-candidato a deputado federal (Psol), de Sergipe, chama a atenção nos grupos de WhatsApp ele confessa o crime eleitoral.
O ex-candidato alega que recebeu uma notificação do TRE para prestar conta do dinheirento recebido do fundo partidário nas eleições de 2018.
O ex-candidato 
Claudinei Rodrigues dos Santos, conhecido como PASSO PRETO, disputou a eleição de 2018, conseguindo 376 votos, ele confessa que tinha certeza que não ganhava nem para Vereador Municipal, imagina para deputado federal brincou no vídeo.
Ele alega no vídeo que gastou o dinheiro da campanha tomando cerveja com os amigos, não peguei nota fiscal, os bares não forneceu nota fiscal, como vou prestar conta para o TRE, disparou.

Procurado para explicar a postagem, Passo Preto disse que o vídeo foi uma “brincadeira”. “Postei num grupo de resenha entre amigos, não pensei que iam espalhar. Foi uma brincadeira e agora até minha mãe está preocupada”, explicou.

Passo Preto informou que gravou o vídeo nesta quarta-feira, 18, pela manhã, e se demonstrou assustado com a repercussão. Ele informou que gastou o dinheiro com cerveja e que realmente está com a prestação de contas prejudicada. “Não foi só com cerveja, teve outras coisas também”, disse.
No portal do TSE, no campo específico para informação de movimentação financeira das candidaturas, aparecem duas contas em nome da campanha de Passo Preto, juntas, elas movimentaram R$ 3.800,00.

Com informações FANF


your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior