( 00:00:00 )

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

author photo

A Rede Globo resolveu se posicionar sobre possível candidatura de Luciano Huck à Presidência da República, em 2022.
Por meio de uma nota, a emissora afirmou que o apresentador teria que se submeter a regras, que defendem uma incompatibilidade com a permanência em quadros da empresa “mesmo depois do processo eleitoral”.
No texto, a Globo fez questão de frisar que não irá se opor à escolha de Huck. Contudo, se o atual funcionário tentar a Presidência, ele não poderá voltar para a emissora.
A nota foi veiculada com exclusividade pelo jornalista Tales Faria, do portal UOL
Leia a notana íntegra.
“No texto intitulado ‘Pré-candidato, Luciano Huck diz a aliados estar disposto a deixar a Globo’, lê-se que houve um veto da emissora à candidatura do apresentador à presidência da República em 2018. A afirmação é incorreta.
Diante das especulações de que seria candidato, a Globo o procurou para saber se de fato ele concorreria à Presidência e enfatizar que, se assim fosse, teria de se submeter às regras da emissora, segundo as quais a vida politico-partidária é incompatível com a permanência nos quadros da Globo, mesmo depois do processo eleitoral.
Tais regras estão em vigor e são válidas para todos os talentos da emissora. E visam a resguardar a postura de completa isenção da Globo. Na conversa, como a emissora esperava, Luciano Huck foi franco, correto e aderente às regras mencionadas.”

your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior