segunda-feira, 28 de outubro de 2019

author photo

Bruno Covas é diagnosticado com câncer e fará quimioterapia
Internado há 5 dias, prefeito de São Paulo apresenta câncer na cárdia, transição entre estômago e esôfago, com metástase no fígado
Internado há cinco dias, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi diagnosticado com câncer na cardia, transição entre estômago e esôfago, com metástase no fígado. Em razão do quadro clínico, o tucano irá realizar tratamento quimioterápico. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (28) pela equipe médica do hospital Sírio Libanês, em São Paulo.
O diagnóstico mostra adenocarcinoma, tumor maligno localizado na cárdia, no fígado e nos gânglios, ao lado do fígado. Desta forma, Covas possui um tumor, em três partes do corpo.
Questionado se Covas irá licenciar-se do cargo, o médico infectologista David Uip reproduziu a fala do prefeito. "Ele tem a responsabilidade de ficar no cargo enquanto possível e terá a responsabilidade de deixar quando necessário", disse. O médico informou, também, que, por enquanto, Covas continuará no cargo, despachando do hospital.
Covas continuará internado no Sírio Libanês em função da trombose. Os médicos afirmaram também que darão início ao tratamento convencional de quimioterapia. O câncer com o qual Covas foi diagnosticado não possui semelhanças com o do avô, o ex-governador Mário Covas. Uip afirma que o avô teve câncer na bexiga.
your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior

Tempo Agora

ESTRUTURAL - DF TEMPO AGORA