Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Classic Header

{fbt_classic_header}

Últimas notícias

latest

Em 7 anos, servidor do Senado embolsou R$ 406 mil em horas extras

Em 7 anos, servidor do Senado embolsou R$ 406 mil em horas extras Policial legislativo tem remuneração de R$ 23,3 mil. Só em dezembro de 2...


Em 7 anos, servidor do Senado embolsou R$ 406 mil em horas extras
Policial legislativo tem remuneração de R$ 23,3 mil. Só em dezembro de 2018, devido a pagamentos retroativos, ele recebeu R$ 56 mil a mais
Campeão de horas extras, um policial legislativo do Senado Federal recebeu, por trabalhar além da carga horária, em média, cerca de R$ 5 mil a mais por mês nos últimos sete anos. Levantamento feito pelo (M)Dados, núcleo de análise de grandes volumes de informação do Metrópoles, mostra que, de janeiro de 2013 a agosto de 2019, o servidor embolsou R$ 406,8 mil dessa maneira.
Ocupante de um cargo de técnico legislativo desde 1996, Itamar Costa Júnior tem remuneração básica de R$ 23,3 mil. Só no mês de dezembro de 2018, devido a pagamentos retroativos, ele recebeu R$ 56 mil extra. As informações estão disponíveis no Portal da Transparência. Itamar, entretanto, não é o único.
De acordo com a Lei nº 8.112/1990, o serviço extraordinário só é permitido para atender situações excepcionais e temporárias, respeitado o limite máximo de duas horas por jornada. No entanto, o que deveria ser raro acabou sendo naturalizado na Casa, com o aval da Diretoria-Geral e da Primeira-Secretaria.