( 00:00:00 )

terça-feira, 15 de outubro de 2019

author photo


Na tarde deste sábado (05/10), os representantes do Conselho Comunitário da Estrutural, José Flavio de Senna e sua vice-presidente Thais Dantas, gravaram um vídeo para esclarecer boatos de moradores da cidade.
Flavio disse no vídeo que existe dois fofoqueiros na cidade, porém não citou os nomes, a sua vice-presidente Thais Dantas, citou de um deles, ela chamou o empresário Elicacio de Jesus, proprietário da Loja LKacio Caçados e Confecções de fofoqueiro, alegando que ele anda dizendo que o Conselho Comentário não tem legitimidade para falar em nome da população da Estrutural, e se eles continuarem a falar em nome da população pode ser presos.
Os representantes alegam que foram eleitos com uma votação de 662 votos dos moradores da Estrutural, contra seu concorrente Carlos Roberto Ghisleni o Gaúcho, com uma diferença de três votos, num total de 20 mil eleitores da cidade Estrutural.


O motivo da confusão do tal Conselho Comentário da Estrutural está no estatuto, segundo os antigos integrantes, o estatuto não permite eleição com votação popular, somente para a realização de eleições por quadra, e mesmo Conselho assim, a antiga diretória realizou eleições por setor.
Durante a gravação, Flavio Sena apresentou uma ata da votação, registrada em cartório, o que não muda o estatuto do Conselho Comunitário da Estrutural registrada no Cartório do Núcleo Bandeirante em Brasilia.
Não é de hoje que esse Conselho Comunitário enfrente diversa críticas dos moradores, em 2015 os antigos integrantes ingressaram com uma ação no ministério público contra a Chácara Santa Luzia, causando um verdadeiro transtorno para os moradores atual. O processo é público basta consultar a ação de  n° 2015.01.1.057244-4.
Toda essa confusão começou quando o morador  Verinaldo Guedes, mostrou um espelho do CNPJ do Conselho das Entidades da Cidade Estrutural nos grupos de Whatsapp, mostrado que o Conselho não existe mais. O dados são  fornecido pela  Fazenda, aonde consta nos registros que o CNPJ da instituição encontra-se baixado, ou 
seja, não tem serventia nenhuma. 
Como os representantes estão falando em nome da população se nem o Conselho tem Legitimidade?
Amigos, isso é Estrutural.

Correção: O conselho não ingressou ação na justiça, a ação é do MP iniciada em 2005, o conselho pediu a regularização da cidade Estrutural, isso esta nos autos do processo. 
Veja o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=FAJHgTZb1cw








your advertise here
Próximo Próximo
Anterior Anterior